Ucrânia promete “retaliação rápida” após ataque russo a Kiev

O chefe da Inteligência de Defesa da Ucrânia prometeu retaliação “muito em breve” após a última onda de ataques de mísseis e drones russos contra Kiev e outros locais. “Todos aqueles na Rússia que ainda acreditaram, acreditam ou talvez sonham que podem assustar a Ucrânia, quero desapontá-los – isso não é verdade. Todo mundo esteve e ainda está em seus locais de trabalho e continua fazendo seu trabalho”, disse Kyrylo Budanov, em entrevista na segunda-feira (29).

Ele acrescentou: “Todos aqueles que tentaram nos assustar, sonhando que isso teria algum efeito, vão se arrepender muito em breve. Nossa resposta não tardará. Todos verão tudo em breve.”

Mais de 70 drones e mísseis foram disparados pelas forças russas desde a noite de domingo, segundo autoridades ucranianas, que dizem que a grande maioria foi interceptada.

Yurii Ihnat, porta-voz da Força Aérea Ucraniana, disse que a onda de mísseis na segunda-feira parece ter sido em grande parte com mísseis Iskander, em modo balístico ou de cruzeiro. Mísseis balísticos viajam mais rápido e são mais difíceis de interceptar, embora os militares ucranianos insistam que todos os 11 mísseis disparados contra Kiev foram derrubados.

Ihnat também observou na televisão ucraniana que existe a possibilidade de mísseis S-300 e S-400 terem sido usados.

“A direção do ataque foi do norte”, disse Ihnat, sem indicar se os mísseis foram disparados por unidades russas baseadas no sul de Belarus ou na Rússia.

Questionado se as baterias de mísseis Patriot dos EUA recentemente recebidas estavam em ação, Ihnat disse: “Acho que você pode adivinhar, se os mísseis Iskander-M foram abatidos, então pode-se concluir que tipo de meios foram usados para atingir esses alvos, alvos balísticos. ”

A administração militar da cidade de Kiev disse que a onda diurna foi o 16º ataque à capital desde o início do mês. “Assim, o inimigo mudou de tática – após prolongados ataques noturnos apenas, atingiu uma cidade pacífica durante o dia, quando a maioria dos residentes estava trabalhando e fora de casa. Em outras palavras, os russos estão demonstrando claramente que pretendem destruir a população civil.”

 

Este conteúdo foi originalmente publicado em Ucrânia promete “retaliação rápida” após ataque russo a Kiev no site CNN Brasil.



from CNN Brasil https://ift.tt/cVbrftB
via IFTTT
Close Menu