Nuvens brilhantes e extremamente raras são vistas em Moscou na Rússia


Fenômeno é conhecido como nuvens noctilucentes. Nuvens noctilucentes são vistas sobre a torre do Kremlin de Moscou, na Rússia, em 4 de julho de 2023. REUTERS/Maxim Shemetov A cidade de Moscou, na Rússia, foi tomada por nuvens brilhantes nas primeiras horas desta terça-feira (4). Extremamente raro, o fenômeno é conhecido como nuvens noctilucentes e geralmente é observado no verão, ao nascer ou pôr do sol. (Veja mais fotos abaixo.) As nuvens noctilucentes são finas e se formam a até 80 km cima da superfície da Terra. Os cientistas acreditam que elas se formam quando o vapor de água congela e forma cristais de gelo que, por sua vez, se prendem a partículas de poeira presentes na atmosfera. Segundo um estudo publicado em 2018 por pesquisadores da Universidade do Vale de Utah, nos Estados Unidos, as noctilucentes são as nuvens que ocorrem na região mais alta da atmosfera, além de se serem as mais secas e geladas. Ainda de acordo com os especialistas, esse é o tipo de nuvem mais raro de se observar no planeta. Nuvens noctilucentes são vistas sobre a Casa Branca Russa, sede do governo federal, e o rio Moskva em Moscou, Rússia, 4 de julho de 2023. REUTERS/Maxim Shemetov Nuvens noctilucentes são vistas sobre a Casa Branca Russa, sede do governo federal, em Moscou, Rússia, 4 de julho de 2023. REUTERS/Maxim Shemetov Nuvens noctilucentes são vistas sobre o Kremlin em Moscou, Rússia, 4 de julho de 2023. REUTERS/Maxim Shemetov

source https://g1.globo.com/mundo/noticia/2023/07/04/nuvens-brilhantes-e-extremamente-raras-sao-vistas-em-moscou-na-russia.ghtml
Close Menu