Polícia Rodoviária intercepta transporte de 12 toneladas de maconha do Mato Grosso para Mogi Mirim

 A Polícia Militar Rodoviária apreendeu uma carreta que transportava 12,06 toneladas de maconha na tarde deste domingo (28), em Palmital. A apreensão é a maior do ano no estado e a segunda maior da história da corporação, atrás apenas de uma que ocorreu em Presidente Prudente em 2021, com 12,1 toneladas. O veículo foi abordado na altura do quilômetro 413 da Rodovia Raposo Tavares.

A apreensão foi feita por policiais que faziam fiscalização pela Operação Impacto na praça de pedágio de Palmital. Eles desconfiaram do comportamento do motorista que dirigia a carreta e fizeram a abordagem.

No meio da carga de papelão prensado que era transportada pelo veículo, os policiais encontraram grande quantidade de tabletes de maconha, que totalizaram 12.069 quilos. O motorista disse que tinha sido contratado por meio de um aplicativo para levar a carga de papelão de Ponta Porã (MS) a Mogi Mirim (SP).

O condutor foi preso em flagrante e levado para a Central de Polícia Judiciária de Assis. A carreta e a droga foram apreendidas.

Outra apreensão

No sábado, policiais rodoviários já tinham feito a apreensão de 2,5 toneladas de maconha que estavam escondidas no meio de uma carga de milho em Nhandeara.

“Combater o tráfico de drogas é destruir a base de diversos outros crimes e diluir uma cadeia ilícita antes que ela destrua diversas famílias. Hoje, a segurança pública do Estado de São Paulo tem muito a comemorar”, afirma o secretário de Segurança Pública, Guilherme Derrite.

Close Menu