Cabo da PM é preso suspeito de participar de roubo de ouro em casa na Ponta Negra, em Manaus


Segundo as investigações da PC-AM, o crime aconteceu no dia 22 de setembro do ano passado, em uma residência, onde cinco pessoas negociavam a venda do metal precioso. Algema SSP SERGIPE SSEP/SE Um cabo da Polícia Militar, identificado como Bento Luciano de Souza, foi preso nesta terça-feira (5) durante a Operação Milícia Dourada realizada pela Polícia Civil do Amazonas (PC-AM). Ele é suspeito de participar do roubo de ouro de uma casa na Ponta Negra, Zona Oeste de Manaus. E também responde a processos por roubo e extorsão, que tramitam na justiça. O g1 não conseguiu contato com a defesa do cabo da PM. Segundo as investigações da PC-AM, o crime aconteceu no dia 22 de setembro do ano passado, em uma residência, onde cinco pessoas negociavam a venda de ouro. 📲 Participe do canal do g1 AM no WhatsApp O cabo da PM e outros dois comparsas invadiram o imóvel pelo basculante do banheiro. Eles estavam usando fardamento falso da PC-AM e balaclava. Na falsa abordagem dentro casa, apreenderam o metal precioso, que não teve a origem divulgada pela polícia. As investigações também identificaram que o carro usado pelos suspeitos no dia do crime foi alugado pelo cabo da PM, que estava utilizando uma placa clonada de uma delegacia especializada da Polícia Civil. Nesta terça, pouco mais de cinco meses depois do crime, Bento Luciano foi preso em cumprimento ao mandado de prisão preventiva. Uma moto esportiva, avaliada em R$ 170 mil, que foi adquirida pelo suspeito após o crime, também foi apreendida. A operação foi realizada por policiais civis do 19° Distrito Integrado de Polícia (DIP), sob a coordenação do delegado Costa e Silva, e contou com apoio do 5°, 8°, 20° e 21°DIPs. A PC-AM não informou sobre o paradeiro dos outros envolvidos no crime. Policial já havia sido excluído da corporação A Polícia Militar do Amazonas (PMAM) informou que o cabo da PM, já responde por outros crimes e havia sido excluído da corporação em 2019, mas foi reintegrado à instituição por decisão da Justiça. Em nota, a PMAM ressaltou que, além do procedimento da polícia judiciária, a instituição instaurou procedimento administrativo disciplinar para apurar a conduta do policial militar, que teve mandado de prisão preventiva, decretado pela Justiça. Após audiência de custódia, ele será encaminhado para o Batalhão de Guardas da PM. A corporação reforça que não compactua com desvios de conduta dos seus agentes. Vídeos mais assistidos do Amazonas

source https://g1.globo.com/am/amazonas/noticia/2024/03/06/cabo-da-pm-e-preso-suspeito-de-participar-de-roubo-de-ouro-em-casa-na-ponta-negra-em-manaus.ghtml
Close Menu