".

Centenas de moradores deixam casas após enchente na região das ilhas em Porto Alegre


Somente em uma das ilhas, cerca de 100 moradores foram retirados pela Defesa Civil após terem as casas alagadas com a subida do nível do Guaíba. Moradores das ilhas de Porto Alegre deixam as casas por causa da enchente Cerca de 800 moradores foram resgatados da região das ilhas em Porto Alegre nesta segunda-feira (20) por causa de uma enchente. A alta do nível do Guaíba, consequência da chuva que atingiu o Rio Grande do Sul no final de semana, fez com que a água invadisse as casas. Acesse o canal do g1 RS no WhatsApp Segundo a Defesa Civil municipal, o número deve subir nas próximas horas. As unidades básicas de saúde e as escolas municipais não funcionaram na segunda. A força da água causou danos em residências. Na medição do Cais Mauá, região central da cidade, o nível do Guaíba bateu o recorde da enchente de 1941, atingindo 3,3 metros até a última atualização desta reportagem. A travessia do catamarã entre Porto Alegre e Guaíba foi suspensa. Pela manhã, uma embarcação do Catamarã sofreu avarias no casco após colidir em um muro do Cais Mauá, devido à força das correntezas das águas do Guaíba. Com a previsão de subir o nível do Guaíba, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) monitora o risco da água se aproximar da ponte do Guaíba. Em outubro, outra enchente já havia causado transtornos na região. "Perdi tudo que a gente construiu" Enquanto salvavam o que conseguiam, os moradores da Ilha da Pintada lamentavam as perdas. A supervisora Luísa Gianello conta que nunca tinha visto enchente como a de segunda. "Perdi as minhas coisas, tudo que a gente construiu, esperar baixar pra ver o que vai sobrar", disse. A dona de casa Libia Lopes classificou a enchente como "desesperadora". "Água dentro de casa, nossa garagem parece uma cachoeira, a agua entrando, o barulho é horrível", contou. Água invadiu casas com a subida do Guaíba na região das ilhas, em Porto Alegre Reprodução/RBS TV Chuva no RS Os temporais que atingiram o Rio Grande do Sul no final de semana causaram danos e transtornos em 158 cidades, deixando 13.264 pessoas desalojadas e 3.737 desabrigados, de acordo com a Defesa Civil do RS. Cidades como São Sebastião do Caí e Eldorado do Sul sofreram com a alta dos níveis dos rios. Em Porto Alegre, o Guaíba atingiu nível máximo e superou a marca histórica pela segunda vez em dois meses. Três mortes foram confirmadas pela Defesa Civil desde o fim de semana. O número de feridos chega a 63. VÍDEOS: Tudo sobre o RS

source https://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2023/11/21/centenas-de-moradores-deixam-casas-apos-enchente-na-regiao-das-ilhas-em-porto-alegre.ghtml
Postagem Anterior Próxima Postagem

Ads

Facebook