Pianista Salomão Soares referencia os escritores Ariano Suassuna e Guimarães Rosa no álbum solo 'Interior'


O pianista Salomão Soares lança o primeiro álbum solo, 'Interior', em 27 de outubro Matheus Urenha / Divulgação ♪ Nascido e criado em Cruz do Espírito Santo (PB), cidade do interior da Paraíba, o pianista Salomão Soares vem seguindo escala ascendente no universo da música instrumental brasileira desde 2017. Residente na cidade de São Paulo (SP), o músico paraibano já gravou e/ou tocou com instrumentistas do porte de Hamilton de Holanda, Hermeto Pascoal, Toninho Ferragutti – com quem já assinou disco em duo editado em 2018 – e Toninho Horta. Agora o pianista se prepara para lançar o primeiro álbum solo, Interior, com lançamento agendado para 27 de outubro. Com nove músicas no repertório composto por sete temas autorais instrumentais e pelas regravações de Desafinado (Antonio Carlos Jobim e Newton Mendonça, 1959) e Fátima (Hermeto Pascoal, 1979), o álbum Interior referencia a infância nordestina vivida por Salomão Soares com os pais no interior da Paraíba (mote da criação de Seu Soares e Dona Branca no forró), a obra-prima do escritor mineiro Guimarães Rosa (1908 – 1967) – inspiração para a composição do tema intitulado Grandes sertões: veredas – e o legado do escritor paraibano Ariano Suassuna (1927 – 2014), evocado na música Caboclinho armorial. Capa do álbum 'Interior', do pianista Salomão Soares Divulgação

source https://g1.globo.com/pop-arte/musica/blog/mauro-ferreira/post/2023/10/08/pianista-salomao-soares-referencia-os-escritores-ariano-suassuna-e-guimaraes-rosa-no-album-solo-interior.ghtml
Close Menu