".

Governo cria grupo para trabalhar pela candidatura do Brasil como sede da Copa do Mundo Feminina de 2027


Equipe terá mais de 20 membros de diferentes ministérios e do Banco Central para debater ações e analisar os requisitos da Fifa. CBF também será convidada. Lula com a taça da Copa do Mundo Feminina durante evento em março de 2023 Ricardo Stuckert/Presidência da República O governo federal criou um grupo de trabalho que será responsável por elaborar as ações da candidatura do Brasil como sede da Copa do Mundo de Futebol Feminino de 2027. A medida foi publicada em Diário Oficial da União nesta quarta-feira (4). Em março, o presidente Lula (PT) já havia anunciado a intenção de trazer a próxima edição do torneio para o Brasil. A criação do grupo de trabalho representa mais uma etapa na disputa para sediar o evento. A equipe que será montada irá analisar todos os requisitos estabelecidos pela Fifa para sediar a Copa do Mundo Feminina. Além disso, o grupo ficará atento aos prazos estipulados pela federação para a entrega das exigências e garantias. Ao todo, o grupo contará com mais de 20 membros permanentes, que serão representantes de ministérios — como o do Esporte, Cidades, Defesa e Fazenda — além do Banco Central. Além disso, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) também será convidada para participar das articulações. No entanto, não terá direito a voto nas reuniões. A coordenação dos trabalhos caberá ao Ministério do Esporte. Candidatura De acordo com o blog da Gabriela Moreira, do ge, o plano inicial da candidatura prevê jogos em 10 estádios, que são os mesmos da Copa do Mundo Masculina, disputada no Brasil em 2014. O Brasil disputa a sede do evento com Bélgica, Holanda e Alemanha, Estados Unidos e México, além da África do Sul. A candidatura deve ser oficializada em dezembro deste ano. Depois disso, representantes da Fifa visitarão o Brasil para analisar todos os pontos levantados pela candidatura. Ainda segundo a reportagem, o resultado final será divulgado em maio de 2024. A última Copa do Mundo Feminina foi sediada na Austrália e na Nova Zelândia. A competição, disputada em agosto, consagrou a seleção da Espanha como campeã. O Brasil caiu ainda na fase de grupos. VÍDEOS: tudo sobre política

source https://g1.globo.com/politica/noticia/2023/10/04/governo-cria-grupo-para-trabalhar-pela-candidatura-do-brasil-como-sede-da-copa-do-mundo-feminina-de-2027.ghtml
Postagem Anterior Próxima Postagem

Ads

Facebook