Militares suspendem buscas por cão Wilson que ajudou a procurar crianças desaparecidas após queda de avião na Colômbia


Cão desapareceu após encontrar aeronave e os corpos de três adultos que morreram no acidente aéreo. Crianças foram resgatadas com vida após ficarem 40 dias desaparecidas. Pastor belga Wilson segue desaparecido após ajudar nas buscas pelas crianças desaparecidas na Colômbia Forças Militares da Colômbia/Divulgação As Forças Militares da Colômbia suspenderam as buscas pelo cão Wilson, que ajudou a procurar quatro crianças que desapareceram após a queda de um avião na Floresta Amazônica. A afirmação foi feita pelas autoridades ao canal de notícias colombiano "Caracol", nesta quarta-feira (28). Wilson desapareceu depois de ajudar a localizar o avião e os corpos de três adultos que morreram com a queda da aeronave, em maio. Já as crianças foram resgatadas com vida no início de junho, depois de ficarem 40 dias desaparecidas. Cerca de 100 pessoas estavam procurando por Wilson na floresta. A operação para encontrar o cão, que é um pastor belga, contou com militares e indígenas, que espalharam comida pela selva. Uma cadela no cio também foi usada para atrair o cão. "Usamos absolutamente todos os recursos, não poupamos esforços, usando todas as capacidades humanas e tecnológicas", disse Pedro Sánchez, comandante de operações especiais das Forças Armadas, à rede Caracol. Na segunda-feira (26), o Exército já havia informado ser improvável que Wilson fosse resgatado. "Wilson é um símbolo de um membro das Forças Armadas que não regressou depois de uma missão. Honraremos ele e todos os cães que perderam a vida protegendo os colombianos", afirmou Sánchez. LEIA TAMBÉM: REENCONTRO: 'Eles estão fracos, mas felizes de ver a família', diz avô das crianças CRONOLOGIA: Entenda o acidente e as buscas pelas crianças O desaparecimento de Wilson O cachorro sumiu em 18 de maio durante as buscas pelas crianças. No entanto, de acordo com o jornal "El País", o Exército chegou a ver Wilson na selva em pelo menos duas ocasiões. Segundo a Rádio Caracol, após serem encontradas, as crianças contaram que estiveram na companhia de um cachorrinho na selva, que pode ser Wilson. Uma das meninas resgatadas chegou a fazer um desenho do cachorro. Desenho feito por Lesly (13) retratando o cachorro Wilson na selva Reprodução/Fuerzas Militares de Colombia Relembre o caso O acidente aéreo aconteceu no dia 1º de maio. O voo faria o trajeto entre Caquetá e San José del Guaviare, uma das principais cidades da Amazônia colombiana. Pouco depois da decolagem, o piloto informou haver falhas na aeronave, que desapareceu dos radares logo depois. No início das buscas, os corpos dos três adultos foram encontrados. Equipes de busca encontraram as primeiras pistas de que as crianças tinham saído pela mata, se afastando do local do acidente. Entre os objetos estavam: fraldas, a tampa de uma mamadeira, tesoura, mamadeira, um maracujá mordido e, a cinco quilômetros da cena do acidente, pegadas de criança. VÍDEOS: mais assistidos do g1

source https://g1.globo.com/mundo/noticia/2023/06/29/militares-suspendem-buscas-por-cao-wilson-que-ajudou-a-procurar-criancas-desaparecidas-apos-queda-de-aviao-na-colombia.ghtml
Close Menu