Ação contra vírus HPV busca imunizar 90% dos estudantes em escolas públicas de Porto Alegre


Imunização contra o papilomavírus humano (HPV) iniciou nesta segunda (4) em escolas da Capital. Aplicações ocorrem ao longo do ano e devem imunizar 90% dos estudantes entre 9 e 14 anos. Vacinação contra o vírus HPV nas escolas públicas de Porto Alegre A vacina contra o papilomavírus humano (HPV) passou a ser aplicada, nesta segunda-feira (4), em estudantes da rede rede pública de Porto Alegre. A ação busca aumentar a cobertura vacinal da primeira dose, ao imunizar 90% dos estudantes entre nove e 14 anos, segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS). O imunizante atua na prevenção contra o câncer de colo de útero. "As escolas cumprem um papel fundamental de conscientização. As 99 escolas da rede municipal, além de todas as unidades da rede estadual da Capital contarão com a vacinação", afirma o secretário municipal de Educação, José Paulo da Rosa. Imunização contra HPV tem ação em escolas de Porto Alegre Alex Rocha/PMPA Atualmente, no Rio Grande do Sul, pouco mais de 50% do público-alvo está imunizado com a primeira dose e cerca de 30% recebeu a segunda aplicação. No entanto, esses números são considerados baixos. De acordo com a SMS, o objetivo é aumentar em no mínimo 40 pontos percentuais as aplicações da primeira dose da vacina entre adolescentes. O imunizante é indicado "para meninas e meninos, sendo que primeira dose deve ser feita dos 9 aos 14 anos e a segunda precisa ter no mínimo seis meses de intervalo da primeira, podendo ser feita em qualquer idade", salienta o secretário de Saúde, Fernando Ritter. Ele ainda alerta sobre a vacina, hoje, ser a "a única que previne o câncer [de colo de útero]. É muito mais caro tratar do que prevenir, então o nosso recado é simples: vacine-se". Primeira imunizada Laura recebe a primeira dose da vacina ao lado de Zé Gotinha Alex Rocha/PMP Durante a imunização, Laura Oliveira, estudante de 12 anos, recebeu apoio do Zé Gotinha. Ao estender o braço para receber a dose, a menina ficou de mão dada com o mascote. O prefeito, Sebastião Melo, reforçou a relevância de manter a cartela de vacinação em dia. "Estaremos presentes nos colégios de Porto Alegre e contamos com o apoio das famílias nesse processo. Saúde é prioridade. Manter a carteirinha em dia salva vidas!”, disse Melo. A ação do executivo municipal e da SMS nas escolas, que recebeu o nome Rolê da Vacina, está sendo feita em parceria com o Instituto de Governança e Controle do Câncer (IGCC). A primeira instituição de ensino a receber o projeto foi Colégio Estadual Engenheiro Ildo Meneghetti, na Restinga, na Zona Sul da cidade. Próximas aplicações Ação de imunização "Rolê das Vacinas" ocorre até o final do ano na capital Alex Rocha/PMP Na manhã de quarta-feira (6), as escolas estaduais de Ensino Fundamental (EEEFs) Matins de Albuquerque (US Vila Nova Ipanema) e Venezuela (US Moab Caldas) recebem as equipes para imunização dos estudantes. Já na quinta-feira (7), a ação ocorre nas EEEFs Brigadeiro Silva Paes (US Moab Caldas), Solimões (US Panorama) e Professora Thereza Noronha Carvalho (US Viçosa). Na sexta-feira (8), a instituição EEEF Maria Cristina Chika (US Recreio) recebe os agentes para imunizações. O HPV é uma infecção sexualmente transmissível e está associado a mais de 90% dos casos de câncer de colo de útero e ânus, além de metade dos casos de câncer na vulva, pênis e orofaringe, parte que fica atrás da garganta. A vacina contra o papilomavírus humano será aplicada ao longo de todo o ano nas escolas e também está disponível em todas as unidades de saúde de Porto Alegre. VÍDEOS: Tudo sobre o RS

source https://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2024/03/05/acao-contra-virus-hpv-busca-imunizar-90percent-dos-estudantes-em-escolas-publicas-de-porto-alegre.ghtml
Close Menu