carnaval de ofertas

Fogo, explosões e mais de 50 mortes: o 'inferno' no Chile em meio aos incêndios florestais

Pelo menos 51 pessoas morreram por causa dos incêndios florestais que atingem o Chile. O balanço foi divulgado no fim da noite deste sábado (2) pelas autoridades. Cinco corpos foram encontrados em rodovias. Algumas regiões do Chile se transformaram em um "inferno". Em El Olivar, por exemplo, o vento espalhou as chamas, resultando em explosões de carros e casas incendiadas. O motorista Rodrigo Pulgar, de 61 anos, estava em casa acompanhando as notícias quando as chamas começaram a avançar sobre a comunidade onde ele mora. "Era um inferno, com explosões. Tentei ajudar o vizinho a desligar o carro, a parte de trás da minha casa começava a pegar fogo. Era uma chuva de cinzas", contou à AFP. Pouco antes, por precaução, Pulgar havia jogado água no telhado, de madeira, e no interior da sua residência, o que evitou que o fogo a consumisse. Mas seus vizinhos não tiveram a mesma sorte. Dezenas de casas foram reduzidas a paredes queimadas. "A maioria das pessoas aqui são idosas. A vizinha morreu porque não pudemos retirá-la", contou o motorista. No fim da tarde de sexta-feira (2), as chamas atingiram Viña del Mar. Apenas no setor de Villa Independencia, 19 pessoas morreram, segundo as autoridades. Momentos de pânico Nas redes sociais, multiplicam-se os relatos e imagens de explosões de carros estacionados em frente a residências, ao longo de ruas estreitas. Os morros voltaram a queimar neste sábado, e novos alertas de evacuação foram emitidos. Segundo o relatório mais recente, foram registados 92 incêndios, 40 deles já controlados. Com o apoio de helicópteros e aviões, as forças de socorro lutavam contra 29 focos. Anna Karina estava trabalhando em um supermercado a quilômetros de distância quando soube que El Olivar estava em chamas. O pânico tomou conta dela. O filho dela, de 14 anos, estava sozinho em casa. "A única coisa que pensei foi que meu filho estava morto, que ele havia se queimado", contou a moradora. Anna lembra que caminhou por vários minutos até pegar um ônibus, que quase ficou preso nas chamas. Ao chegar ao seu bairro, teve que caminhar por uma rua cercada pelo fogo. A moradora encontrou o filho com a cadela da família do lado de fora da residência, que não foi atingida pelo fogo. Desde 2017, o Chile enfrenta grandes incêndios florestais, que atingiram áreas povoadas de Valparaíso e outras regiões. O fogo se propagou por áreas com construções irregulares. Em Quilpué, a cerca de 15 km de El Olivar, dezenas de famílias perderam casas construídas em áreas não autorizadas.

source https://g1.globo.com/mundo/noticia/2024/02/04/fogo-explosoes-e-mortes-o-inferno-no-chile-em-meio-aos-incendios-florestais.ghtml
Postagem Anterior Próxima Postagem