carnaval de ofertas

Mulher procura marido com Alzheimer de porta em porta em Canoas: 'a gente não cansa de pedir ajuda'


Aos 74 anos, Valmor Zefino saiu de casa para comprar balas, e nunca mais foi visto. Polícia Civil investiga o desaparecimento. Ao menos 614 pessoas estão desaparecidas no RS, conforme o último levantamento da SSP-RS Com cartazes e fotos em mãos, Roselaine Santos tem percorrido as ruas de Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre, em busca do marido. O aposentado Valmor Zefino, de 74 anos, está desaparecido desde o Natal. 📲 Acesse o canal do g1 RS no WhatsApp Família busca por homem com Alzheimer desaparecido em Canoas Reprodução/RBS TV "A gente não cansa de procurar, de pedir ajuda. Por favor, se encontrarem ele, o Valmor, ligue pra gente ir lá buscar", diz. Informações sobre o paradeiro podem ser repassadas à Polícia Civil no disque-denúncias, número 181. A busca começou nas ruas do bairro Guajuviras. Ela já percorreu clínicas e hospitais. Ele foi visto pela última vez no fim da tarde do dia 25. Segundo a família, Valmor saiu de casa vestindo camisa azul escura e calça jeans para comprar balas. Diagnosticado com Alzheimer, ele sofre com lapsos de memória. Homem com Alzheimer desaparecido em Canoas Reprodução / RBS TV "Outras vezes, quando ele conseguia sair, ele andava de trem, de ônibus, ele ficava umas 3, 4 horas, mas voltava pra casa, sempre voltava. Daí agora, na última semana, ele estava bem esquecido da memória, estava bem ruim", diz a filha de Valmor, Daiane Brum. No dia seguinte ao desaparecimento, a família registrou um boletim de ocorrência na 2ª Delegacia de Polícia de Canoas. A Polícia Civil informa que parentes do homem foram ouvidos, mas que ainda não há pistas sobre o desaparecimento de Valmor. A falta de câmeras de segurança na região dificulta o trabalho para traçar o caminho percorrido por ele quando saiu de casa. Roselaine busca o marido, desaparecido no Natal, pelas ruas de Canoas Reprodução/RBS TV A família recebeu informações de uma mulher que afirma ter visto Valmor em uma estação de trem na cidade. "A mulher viu ele lá, perguntando onde era a Estação Canoas, que ele estava perdido. Então a única certeza que a gente tem é a dessa pessoa. Porque a gente já recebeu vários trotes, pedidos de dinheiro", reclama Daiane. VIDEOS: Tudo sobre o RS

source https://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2024/01/04/mulher-procura-marido-com-alzheimer-de-porta-em-porta-em-canoas-a-gente-nao-cansa-de-pedir-ajuda.ghtml
Postagem Anterior Próxima Postagem