carnaval de ofertas

Homem é condenado à morte por incendiar estúdio da Kyoto Animation e assassinar 36 pessoas no Japão


Caso aconteceu em 2019 e ganhou repercussão mundial. Shinji Aoba admitiu ter provocado o incêndio e disse estar arrependido do crime. Bombeiros trabalham para combater incêndio na Kyoto Animation, no oeste do Japão, quinta-feira (18) Kyodo News via AP Um homem foi condenado a morte por incendiar os estúdios da Kyoto Animation e assassinar 36 pessoas no Japão. A sentença foi proferida nesta quinta-feira (25), segundo a rede de TV pública NHK. ✅ Clique aqui para seguir o canal de notícias internacionais do g1 no WhatsApp O caso aconteceu em 2019 e teve repercussão mundial. Além das mortes, 32 pessoas ficaram feridas no incêndio. Shinji Aoba, de 45 anos, já admitiu ter provocado o incêndio e disse estar arrependido do crime. Os advogados dele argumentam que o condenado sofre de problemas psiquiátricos. No entanto, durante o julgamento desta quinta-feira, a Justiça entendeu que Aoba não enfrentava problemas mentais, nem estava debilitado. Ao ler a sentença, o juiz do caso afirmou que o crime era "verdadeiramente cruel e desumano". No ano passado, quando admitiu a culpa, Aoba afirmou que tinha ido longe demais e que não imaginava que provocaria tantas mortes. O condenado também quase morreu no incêndio. Ele teve 90% da pele queimada e precisou passar por várias cirurgias, além de ter ficado internado em coma por semanas. Relembre o caso Fogo tomou conta de parte do prédio da Kyoto Animation Kyodo / via Reuters Na manhã do dia 18 de julho de 2019, cerca de 70 pessoas estavam no edifício da Kyoto Animation quando Aoba entrou no imóvel e jogou um líquido inflamável. Durante a ação, segundo a investigação, ele gritou: "Morram". Testemunhas disseram que as chamas se espalharam rapidamente. Cerca de 40 caminhões de bombeiros foram mobilizados para conter as chamas. De acordo com a imprensa japonesa, Aoba estava com raiva do estúdio e acreditava que criadores haviam plagiado uma obra dele. A Kyoto Animation nega qualquer tipo de cópia. A empresa, mais conhecida como "KyoAni" foi criada em 1981. O estúdio produz desenhos animados, cria personagens e concebe produtos derivados de séries inspiradas de mangás japoneses famosos. Entre suas produções estão "K-ON!", "A Melancolia de Haruhi Suzumiya" e "Lucky Star". Embora a companhia não seja tão conhecida internacionalmente, ela foi responsável por um trabalho secundário de animação utilizado em "Pokémon" e "Ursinho Pooh". VÍDEOS: mais assistidos do g1

source https://g1.globo.com/mundo/noticia/2024/01/25/homem-e-condenado-a-morte-por-incendiar-estudio-da-kyoto-animation-e-assassinar-36-pessoas-no-japao.ghtml
Postagem Anterior Próxima Postagem