Família de vítima das chuvas no Rio conta que teve que cavar por conta própria local de deslizamento


Terezinha do Carmo Cassimiro, de 55 anos, é um dos 11 mortos no Grande Rio devido ao temporal. ''Não teve como salvar pela quantidade de horas que ela ficou soterrada', diz a filha. Família de vítima das chuvas no Rio conta que teve que cavar por conta própria local de deslizamento Parentes de Terezinha do Carmo Cassimiro, de 55 anos, uma das 11 vítimas das chuvas que morreram no estado do Rio no fim de semana, se queixam da demora da chegada de equipes de socorro. Therezinha foi atingida por um deslizamento no Morro da Pedreira, na Zona Norte da capital, por volta das 22h de sábado (13). "Eu cheguei, meu pai que tinha caído a barreira, aí quando fomos verificar a casa da minha tia não estava mais lá. Eu, meu genro, com meios próprios, pegamos enxada e começamos a cavar. Aí, um vizinho disse que ouviu um grito bem sucinto, de madrugada. Fomos até o local, de madrugada e achamos o corpo só de manhã", disse Paulo Leonardo, sobrinho de Terezinha. "Não teve como salvar pela quantidade de horas que ela ficou soterrada. De 22h até 8h da manhã que ela ficou lá. O rio de Acari transborda com uma chuvinha qualquer. A água foi quase no teto das casas perto dali. A sensação é de impunidade. Eu perdi minha mãe, outras pessoas perderam entes queridos, algumas perderam móveis, e é isso", contou a filha da vítima, Edneide Cassimiro. O sobrinho contou que Therezinha era "muito trabalhadora" e "reconhecida no bairro pela força". "E muito orgulhosa, qualquer coisa ela ia lá e fazia por conta própria. A sensação que dá é que fazem isso de propósito, se todo ano acontece a mesma coisa, por que não fazem nada? Se for pobre e preto, dane-se? O Estado só serve para cobrar imposto", disse Paulo. Os bombeiros afirmaram que atenderam ao todo 268 ocorrências no estado em decorrência das chuvas que atingiram a região entre sábado e domingo - 118 na capital. As buscas por dois desaparecidos continuam nesta segunda-feira (15). Além das mortes, o temporal provocou o bloqueio de vias expressas importantes - como a Avenida Brasil e a BR-40 - e o fechamento de estações de trem e metrô. Moradores de bairros da Zona Norte do Rio e da Baixada também tiveram grandes perdas materiais. Veja a previsão do tempo Mortos foram soterrados, eletrocutados e afogados; quem são Motoristas passaram o dia parados na BR-040 Área do deslizamento no Morro da Pedreira Reprodução

source https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2024/01/15/familia-de-vitima-das-chuvas-no-rio-conta-que-teve-que-cavar-por-conta-propria-local-de-deslizamento.ghtml
Close Menu