carnaval de ofertas

Ceará identifica subvariantes de Covid inéditas no Brasil e responsáveis por aumento de casos no estado


Entre os dias 1º e 30 de novembro, o estado confirmou 2.809 casos positivos da doença. Vacinação contra Covid é recomendada para reduzir número de casos da doença e evitar quadros graves Rodrigo Carvalho/Prefeitura de Fortaleza Duas subvariantes de Covid-19 até então inéditas no Brasil podem ser as responsáveis pelo aumento dos casos da doença no Ceará, de acordo com a Secretaria de Saúde do Ceará (Sesa). As subvariantes JN.1 e BA.2.86.1 já haviam sido identificadas em outros países, mas foram identificadas pela primeira vez no território brasileiro em circulação no Ceará. A identificação das variantes foi feita pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Ceará (Lacen) através de amostras do vírus colhidas em testes de Covid que deram positivo. De 47 amostras colhidas em vários municípios do Ceará entre os dias 5 e 25 de novembro, 38 apontaram a presença da subvariante JN.1 e uma a presença da subvariante BA.2.86.1. O período de identificação das duas subvariantes no Ceará é o mesmo em que houve o aumento de casos de Covid. Entre os dias 1º e 30 de novembro, o estado confirmou 2.809 casos positivos da doença, e a taxa de positividade dos testes feitos em laboratório chegou 34,4%. As informações foram apresentadas em coletiva Secretaria Estadual de Saúde (Sesa) na sexta-feira (1º). Inicialmente, a hipótese era que a alta do número de casos estava ligada à circulação da subvariante JG.3, que descende da variante EG.5, popularmente conhecida como Éris. O cenário, no entanto, não se confirmou, apontando, na verdade, a predominância da JN.1. Desde setembro, a subvariante JN.1 é classificada como "sob investigação" pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Esta subvariante descende da variante Pirola, que por sua vez é descendente da variante Ômicron. Conforme monitoramento da Secretaria de Saúde, a JN.1 já foi identificada em várias cidades cearenses, o que indica que ela já se difundiu pelo estado. Taxa de positividade dos testes de Covid chegou a 34,4% em novembro no Ceará Prefeitura de Fortaleza/Divulgação Governo do Ceará vai reforçar vacinação Em meio a um aumento na quantidade de casos confirmados de coronavírus, o Ceará vai lançar uma nova campanha de incentivo à vacinação contra Covid-19 a partir da segunda-feira (4). A nova campanha vai estimular os municípios cearenses a reabrirem as salas de vacinação em esquema de mutirão e convocar a população a se imunizar. Hoje, a cobertura vacinal da 5ª dose, chamada vacina bivalente, está apenas em 18% da população adulta cearense. No caso das crianças de 6 meses a 4 anos de idade, apenas 32% tomaram alguma dose da vacina contra Covid. De acordo com o secretário-executivo de Vigilância em Saúde da Sesa, Antônio Lima Silva Neto (Tanta), o crescimento na positividade dos casos de Covid reforça a importância da população tomar as doses de reforço da vacina . "Quando uma nova variante circula no mundo, é porque ela tem capacidade de enganar temporariamente o sistema imunológico, senão ela não tem força de se deslocar", explica o especialista, que enfatiza a importância dos adultos tomarem a bivalente. Segundo a Sesa, apesar do número crescente de casos, não está havendo sobrecarga de hospitais e a maioria dos pacientes, embora sintomáticos, têm apresentado quadro leve, com tosse, febre e dor de garganta. Neste sábado, a prefeitura de Fortaleza vai realizar um mutirão de vacinação contra Covid em 14 postos da capital. As unidades vão atender de 8 horas da manhã até 16h30. Confira a lista de postos aqui. Em um mês, Ceará registra mais de mil casos positivos de Covid-19. Divulgação Crianças têm tido casos mais graves Conforme o secretário-executivo de Vigilância em Saúde, Antônio Lima Silva Neto, a nova onda tem apresentado bastante rapidez de transmissão, o que elevou a taxa de positividade. Este cenário também indica que deve haver uma queda rápida na transmissão. Contudo, o infectologista alerta para a baixa vacinação de crianças. Conforme Tanta, cerca de 68% das crianças entre seis meses e 4 anos de idade não tomaram nenhuma dose da vacina contra Covid. Nos hospitais, a maior parte dos pacientes diagnosticados com Covid que apresentam síndrome respiratória grave - ou seja, com febre, tosse e falta de ar - são justamente crianças, sobretudo aquelas com menos de 5 anos e sem vacina. LEIA TAMBÉM: Número de casos de Covid-19 no Ceará quase dobra em duas semanas; confira recomendações de prevenção Saiba onde tomar a vacina bivalente contra a Covid-19 em Fortaleza Vacinação contra a Covid Em Fortaleza, a população pode encontrar a vacina contra a doença nos 118 postos de saúde. Conforme a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), todas as unidades fazem a aplicação dos imunizantes durante a semana, entre os horários de 7h30 e 18h30. Duas unidades abrem para a vacinação aos sábados, domingos e feriados: os postos Mattos Dourado (Bairro Edson Queiroz) e Irmã Hercília (Bairro São João do Tauape). LEIA TAMBÉM: Número de casos de Covid-19 no Ceará quase dobra em duas semanas; confira recomendações de prevenção Covid: variante Éris é confirmada pela 1ª vez no Brasil As unidades disponibilizam tanto as doses monovalentes como as bivalentes. Os imunizantes bivalentes estão atualizados para proteger a população contra as novas variantes do vírus da Covid-19, incluindo as sublinhagens da variante Ômicron. Quem pode tomar a vacina bivalente Vacina contra a Covid-19 em Fortaleza está disponível nos 118 postos de saúde. Divulgação/Prefeitura de Fortaleza A maioria das pessoas ainda não tomou a dose bivalente, que passou a ser disponibilizada em Fortaleza a partir de fevereiro deste ano. Atualmente, a capital tem apenas 18,94% de cobertura vacinal com as doses bivalentes, conforme dados da Rede Nacional de Dados em Saúde (RNDS). Podem tomar a dose bivalente as pessoas com idade acima de 18 anos e que tenham tomado, pelo menos, duas doses da vacina monovalente. Para isso, a pessoa deve ter recebido a última dose há quatro meses. Ainda conforme a SMS, podem receber a bivalente as pessoas com comorbidades com idades a partir dos 12 anos e os imunossuprimidos com idades de 12 anos a 17 anos, 11 meses e 29 dias. Pode tomar com sintomas? As pessoas que estiverem com sintomas gripais podem tomar a vacina normalmente, desde que os sintomas sejam leves, orienta a SMS. No caso de sintomas gripais graves, as equipes de saúde orientam que a pessoa só tome a vacina depois de 30 dias. Endereços dos postos As vacinas estão disponíveis em todas as unidades básicas de saúde de Fortaleza. Os postos que atualmente passam por reforma tiveram parte dos atendimentos transferidos para outros pontos, com lista que é atualizada no site do Canal Saúde. Para algumas das unidades, a imunização continua sendo feita no endereço original. Aos sábados, domingos e feriados: Edson Queiroz: unidade Mattos Dourado (Av. Desembargador Floriano Benevides, 391) São João do Tauape: unidade Irmã Hercília Aragão (Rua Frei Vidal, 1821) Durante a semana: Regional de Saúde 1 Álvaro Weyne: unidade Floresta (Rua Ten. José Barreira, 251) Barra do Ceará: unidade Casemiro Filho (Av. Francisco Sá, 6449) Barra do Ceará: unidade Chico da Silva (Av. Castelo Branco, 4707) Barra do Ceará: unidade Lineu Jucá (Rua Vila Velha, 101) Barra do Ceará: unidade 4 Varas (Rua Profeta Isaías, 456) Barra do Ceará: unidade Dr. Zenirton Pereira da Silva (Rua José Roberto Sales, 475) Cristo Redentor: unidade Virgílio Távora (Av. Monsenhor Hélio Campos, s/n) Jacarecanga: unidade Carlos Ribeiro (Rua Jacinto Matos, 944) Jardim Guanabara: unidade Rebouças Macambira (Rua Creuza Rocha, s/n) Jardim Iracema: unidade Airton Monte (Rua Alberto Oliveira, s/n) Jardim Iracema: unidade Fernando Façanha (Rua Rio Tocantins, s/n) Monte Castelo: unidade Paulo de Melo (Rua Bernardo Porto, 497) Moura Brasil: unidade Maria Cirino Souza (Rua da Saudade, 364) Pirambu: unidade Guiomar Arruda (Rua General Costa Matos, 06) Vila Velha: unidade João Medeiros (Av. I, 982) Vila Velha: unidade Maria Aparecida (Av. K, 915) Durante a semana: Regional de Saúde 2 Aldeota: unidade Miriam Porto (vacinação acontecendo no posto Irmã Hercília) Cais do Porto: unidade Odorico de Morais (Rua Esperantina, s/n) Cais do Porto: unidade Célio Brasil Girão (Rua Henrique Firmeza, 82) Centro: unidade Paulo Marcelo (Rua 25 de Março, 607) Cidade 2000: unidade Rigoberto Romero (Rua Alameda das Graviolas, 195) Luciano Cavalcante: unidade Benedito Arthur de Carvalho (Rua Jaime Leonel, 228) Mucuripe: unidade Flávio Marcílio (Av. Abolição, 416) Pio XII: unidade Pio XII (vacinação acontecendo na Rua Maestro Silva Novo, 90 - São João do Tauape) Praia do Futuro: unidade Frei Tito (Rua José Cláudio Costa Lima, 100) São João do Tauape: unidade Irmã Hercília Aragão (Rua Frei Vidal, 1821) Vicente Pinzon: unidade Aida Santos e Silva (Rua Trajano de Medeiros, 813) Vicente Pinzon: unidade Sandra Maria Faustino Nogueira (vacinação acontecendo na UniFANOR, na Rua Antônio Gomes Guimarães, 150 - Manuel Dias Branco) Durante a semana: Regional de Saúde 3 Antônio Bezerra: unidade Humberto Bezerra (Rua Hugo Victor, 51) Antônio Bezerra: unidade Meton de Alencar (Rua Perdigão Sampaio, 820) Autran Nunes: unidade Eliézer Studart (Rua Tomaz Cavalcante, 546) Bela Vista: unidade Francisco Pereira (Rua Paraguai, 351) Bonsucesso: unidade Luís Recamonde Capelo (Rua Maria Quintela, 935) Bonsucesso: unidade Mariusa Silva de Sousa (Rua Araçá, s/n) Henrique Jorge: unidade Fernandes Távora (Rua Maceió, 1354) Henrique Jorge: unidade José Sobreira de Amorim (vacinação acontecendo na unidade Cícera Carla Almeida) João XXIII: unidade Cícera Carla Almeida (Rua Júlio Braga, s/n) Jóquei Clube: unidade Waldemar Alcântara (Rua Silveira Filho, 903) Padre Andrade: unidade Clodoaldo Pinto (Rua Banward Bezerra, 100) Parque Araxá: unidade Santa Liduína (Rua Prof. João Bosco, 213) Pici: unidade César Cals de Oliveira Filho (Rua Pernambuco, 3172) Pici: unidade Gilmário Mourão Teixeira (Rua Pernambuco, 1674) Presidente Kennedy: unidade Ivana Paes (Rua Virgílio Brígido, s/n) Quintino Cunha: unidade George Benevides (Rua Pio Saraiva, 168) Quintino Cunha: unidade Hermínia Leitão (Rua General João Couto, 470) Quintino Cunha: unidade Licínio Nunes de Miranda (Rua 06, s/n) Rodolfo Teófilo: unidade Anastácio Magalhães (Rua Delmiro de Farias, 1679) Durante a semana: Regional de Saúde 4 Benfica: unidade Luis Costa (Rua Marechal Deodoro, 1501) Damas: unidade Gothardo Peixoto F. Lima (Rua Irmã Bazet, 153) Demócrito Rocha: unidade Abel Pinto (Travessa Goiás, s/n) Dendê: unidade Francisco Monteiro (Av. dos Eucaliptos, s/n) Couto Fernandes: unidade Oliveira Pombo (Rua Rio Grande do Sul, s/n) Fátima: unidade Roberto Bruno (vacinação acontecendo na unidade Turbay Barreira) Itaoca: unidade José Valdevino Carvalho (Rua Guará, s/n) Itaoca: unidade Ocelo Pinheiro (Rua Elcias Lopes, 517) Itaperi: unidade Dom Aloísio Lorscheider (Rua Betel, 1895) Parangaba: unidade Antônio Ciríaco de Holanda (Rua Gomes Brasil, 555) Serrinha: unidade Luís Albuquerque Mendes (vacinação acontecendo na unidade Dom Aloísio Lorscheider) Vila Peri: unidade Gutemberg Braun (Rua Monsenhor Agostinho, 505) Vila União: unidade Turbay Barreira (Rua Gonçalo Souto, 420) Durante a semana: Regional de Saúde 5 Aracapé: unidade João Elísio Holanda (Rua Juvêncio Sales, s/n) Bom Jardim: unidade Abner Cavalcante Brasil (Rua Joana Batista, 471) Bom Jardim: unidade Argeu Herbster (Rua Geraldo Barbosa, 1095) Canindezinho: unidade Regina Maria da Silva Severino (Rua Itatiaia, 889) Conjunto Ceará: unidade Maciel de Brito (Av. A, s/n - 1a. etapa) Conjunto Ceará: unidade Dr. Pontes Neto (Rua 541, n 150 - 2ª etapa) Conjunto Ceará/Genibaú: unidade Ronaldo Albuquerque (Av I, s/n) Conjunto Esperança: unidade Graciliano Muniz (Rua 106, 345) Genibaú: unidade José Galba de Araújo (Av. Sen. Fernandes Távora, 3161) Granja Lisboa: unidade Dom Lustosa (Rua A, s/n) Granja Lisboa: unidade Edmilson Pinheiro (vacinação acontecendo na unidade Dr. Pontes Neto) Granja Lisboa: unidade Guarany Mont'alverne (Rua Geraldo Barbosa, 3230) Granja Portugal: unidade Fernando Diógenes (Rua Teodoro de Castro, s/n) Granja Portugal: unidade Jurandir Picanço (vacinação acontecendo na unidade Ronaldo de Albuquerque) Jardim Jatobá: unidade Dr. João Barbosa Pires de Paula Pessoa (Rua Rubi, s/n) José Walter: unidade José Walter (Av. José de Araujo Lima, 1631 - 3ª etapa) Manoel Sátiro: unidade Luciano Torres de Melo (vacinação acontecendo na Rua São Manuel, 1364 - Vila Manuel Sátiro) Manoel Sátiro: unidade Viviane Benevides (Rua João Areas, 1296) Maraponga: unidade Pedro Celestino (vacinação acontecendo na unidade Luiza Távora) Mondubim: unidade José Paracampos (Rua Alfredo Mamede, 250) Mondubim: unidade Luiza Távora (Travessa São José, 940) Mondubim: unidade Régis Jucá (Av I, 618) Planalto Ayrton Senna: unidade Zélia Correia (Rua Antônio Pereira, 1495) Planalto Ayrton Senna: unidade João Machado dos Santos (Travessa João Henrique, 82) Parque São José: unidade Parque São José (Rua Desembargador Frota, s/n) Siqueira: unidade Siqueira (Rua. Eng. Luís Montenegro, 485) Siqueira: unidade Doutor Henrique Mota Neto (Rua Serena, s/n) Durante a semana: Regional de Saúde 6 Alto da Balança: unidade César Cals de Oliveira (Rua Capitão Aragão, 555) Barroso: unidade Pompeu Vasconcelos (Rua 05, s/n, Conjunto João Paulo II) Barroso: unidade Waldo Pessoa (Rua Cap. Hugo Bezerra, 75) Coaçu: unidade Luís Franklin (Rua Alexandre Vieira, s/n) Conjunto Palmeiras: unidade Evandro Ayres de Moura (Av. Castelo de Castro, 2842) Conjunto Palmeiras: unidade Pedro Sampaio (Rua Iracema, 1516) Dias Macedo: unidade Edmar Fujita (vacinação acontecendo na Associação Beija Flor/CEU - Av. Alberto Craveiro, 2222 - Boa Vista) Dias Macedo: unidade João Hipólito (Rua 03, 88) Edson Queiroz: unidade Mattos Dourado (Av. Desembargador Floriano Benevides, 391) Jangurussu: unidade Melo Jaborandi (Rua 315, 80) Jangurussu: unidade Osmar Viana (Av. Chiquinha Gonzaga, s/n) Jangurussu: unidade Sítio São João (vacinação acontecendo nas unidades Osmar Viana e Evandro Ayres de Moura) Jardim das Oliveiras: unidade Manoel Carlos Gouveia (Av. Des. Faustino Albuquerque, 486) Jardim das Oliveiras: unidade Maria de Lourdes (Rua Reino Unido, 115) Lagoa Redonda: unidade Galba de Araújo (Av. Recreio, 1390) Lagoa Redonda: unidade Terezinha Parente (Rua Nelson Coelho, 209) Messejana: unidade Messejana (Rua Guilherme Alencar s/n) Parque Dois Irmãos: unidade Edilmar Norões (Rua H, 351) Parque Dois Irmãos: unidade Vicentina Campos (Rua B, 145) Parque Itamaraty: unidade Anísio Teixeira (Rua Guarany, 355) Parque Santa Maria: unidade Fausto Freire (vacinação acontecendo na unidade Maria Grasiela) Paupina: unidade Otoni Cardoso do Vale (Rua José Teixeira Costa, 643) Passaré: unidade Alarico Leite (Av. dos Paroaras, 301) Passaré: unidade Jangurussu (Rua Estrada do Itaperi, 146) Passaré: unidade Janival de Almeida (Rua Coelho Garcia, 25) Pedras: unidade Dr. Acrísio Eufrasino de Pinho (Rua Coletora Central, s/n) Pedras: unidade José Barros de Alencar (vacinação acontecendo no anexo da unidade na Rua José Nogueira, 180) Santa Fé: unidade Maria Grasiela (Rua Edésio Monteiro, 1450) Santa Filomena: unidade Marcus Aurélio Rabelo (Rua Iracema, 1100) Sapiranga: unidade Hélio Góes Ferreira (Rua Crisanto Moreira da Rocha, 453) Sapiranga: unidade Monteiro de Moraes (Av. Evilásio Alm Miranda, s/n) Assista aos vídeos mais vistos do Ceará:

source https://g1.globo.com/ce/ceara/noticia/2023/12/02/ceara-identifica-subvariantes-de-covid-ineditas-no-brasil-e-responsaveis-por-aumento-de-casos-no-estado.ghtml
Postagem Anterior Próxima Postagem