Câmeras flagram motoristas em alta velocidade para furar pedágios na BR-153 e escapar do pagamento


Além de causar acidentes, conduta considerada infração pode gerar multa de R$ 192,23 e o motorista perde cinco pontos na CNH, segundo a legislação. Monitoramento da rodovia envia dados para a ANTT. Motoristas quase quebram cancelas para não pagar pedágio na BR-153 Mesmo sendo uma conduta ilegal, as câmeras de monitoramento instaladas nas praças de pedágio da BR-153, no sul do Estado, registraram diversas situações em que os motoristas burlam a fiscalização e passam sem pagar. Em algumas situações, as cancelas que fazem o controle da passagem dos veículos quase são arrancadas pela alta velocidade, principalmente de caminhões. As ‘táticas’ para escapar da cobrança são muitas e os caminhoneiros são os que mais cometem a infração. Caminhões se aproximam da cabine de cobrança e passam no momento em que cancela automática vai baixar. O equipamento quase sai do lugar. Muitos motoristas que costumam passar pelos trechos com pedágios são contra as formar de burlar as regras, como é o caso de Carlos Alberto Torres. “Eu particularmente não dou fuga, prefiro pagar certinho, a empresa exige, entendeu. Mas os colegas em si não estão dando o espaço, estão passando direto”, disse o motorista. Caminhoneiros são os que mais fogem do pagamento do pedágio TV Anhanguers/Reprodução Em outro flagrante, uma van que vem atrás do caminhão fura a barreira. Mas também há carros que passam sem pagar no mesmo esquema. Um deles avança bem rápido, antes da cancela descer, aproveitando a passagem do que estava na frente. “Como eles vão fazer a fuga, eles passando ligeiro demais na cancela. A[i não abre, que vem atrás pode frear e causar um acidente, né. É complicado isso, eu acho que não tem necessidade para fuga”, reclamou o também motorista Sérgio Sebold. De acordo com a Ecovias Araguaia, concessionária responsável pela administração dos pedágios, as praças já chegaram a registrar mais de 6,7 mil evasões por mês. O número só teve redução depois da implantação do sistema automatizado que flagra as condutas dos motoristas. A partir de julho deste ano, novas câmeras foram instaladas e a fiscalização passou a ser feita 24 horas por dia. Câmeras fazem o monitoramento dos motoristas que fogem do pedágio TV Anhanguera/Reprodução A conduta é ilegal e pode causar acidentes, segundo explicou Marcelo Belão, gerente de operações da Ecovias. “É detectado este tipo de conduta do usuário buscando fazer a evasão, passar pelo pedágio sem o pagamento da tarifa ele está sujeito então à infração de trânsito relacionada a este tipo existente no Código de Trânsito Brasileiro. O que deve ser evitado, principalmente por conta da segurança viária de todos que estão ao entorna da praça de pedágio ou que estejam passando por ela”, alertou. LEIA TAMBÉM Pedágios da BR-153 no Tocantins terão reajuste a partir de outubro; valores vão de R$ 4,30 a R$ 94,40 Motociclista morre após bater de frente com caminhão na BR-153 As imagens registradas dos veículos são compartilhadas com a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). A partir do registro, os motoristas infratores serão autuados. “Caso a infração seja flagrada por câmeras de vídeo, a notificação será enviada para o endereço residencial do proprietário. Essa infração é de natureza grave, gera multa de R$ 195,23 e cinco pontos acumulados na CNH do condutor”, explicou a policial rodoviária federal Nalim Moreira. Fugir além de perigoso e ilegal se tornou mais caro para o bolso do motorista. “Fica ruim para todo mundo. O certo é não ter a fuga, é todo mundo se ajudar”, afirmou o motorista Aldislei Oliveira, que entende o dever de cada um para um trânsito seguro. Na fuga, muitos motoristas quase levam embora a cancela do pedágio TV Anhanguera/Reprodução Veja mais notícias da região no g1 Tocantins.

source https://g1.globo.com/to/tocantins/noticia/2023/12/19/cameras-flagram-motoristas-em-alta-velocidade-para-furar-pedagios-na-br-153-e-escapar-do-pagamento.ghtml
Close Menu