carnaval de ofertas

Taylor Swift volta a empolgar público no Engenhão, sem citar fãs mortos no Rio


Com temperatura menos quente que sexta, e até com chuva, popstar trocou declarações de amor com o público brasileiro. Na segunda-feira (20), ela faz a última apresentação da 'The Eras Tour' no Rio. Show de Taylor Swift no Rio Luana Longo/Arquivo pessoal Taylor Swift voltou ao Engenhão neste domingo (19) para o segundo de três shows no Rio da "The Eras Tour'. Sem citar os dois fãs mortos -- um que passou mal no show e outro vítima de latrocínio --, a popstar entregou tudo a seus "swifties", que cantaram euforicamente do início ao fim. Até o calor extremo, que levou ao adiamento da apresentação de sábado (18), deu uma trégua, e choveu durante boa parte da apresentação. O show ocorre após duas tragédias envolvendo fãs de Taylor. Na sexta, Ana Clara Benevides, de 23 anos, passou mal no Engenhão e morreu a caminho do hospital. As causas ainda são apuradas. A própria Taylor já havia dito que não falaria sobre a morte de Ana Clara. "Eu não vou conseguir falar sobre isso no palco porque me sinto sobrecarregada com o luto, só ao tentar falar sobre isso", postou a cantora em uma rede social. Nas redes sociais, alguns fãs relacionaram a escolha de Taylor tocar como música surpresa a canção “Bigger Than the Whole Sky” (“Maior que o céu inteiro”, em tradução livre) como um tributo à Ana Clara. Um trecho da música de Taylor em questão diz assim: “Não tenho respostas depois do que aconteceu / Sal jorra dos meus olhos para meus ouvidos / Tudo o que eu toco adoece de tristeza / Pois está tudo acabado agora / Tudo levado pelo mar / Adeus, adeus, adeus / Você era maior que o céu inteiro". Outros reclamaram da falta de palavras sobre o ocorrido: "Nossa, acabou o show e a taylor não falou nada sobre a fã que faleceu? Só ignorou o ocorrido?", escreveu uma usuária do Twitter. "Achei muita falta de empatia da parte dela, nenhuma consideração com a fã que morreu... Ela tentando desvincular a imagem dela e abafar a tragédia que aconteceu", escreveu outras. Outro fã, Gabriel Mongenot, de 25 anos, nem conseguiu ver Taylor. Com ingresso para o show deste domingo, ele foi esfaqueado em um assalto na areia da Praia de Copacabana, durante a madrugada. Os suspeitos de cometer o crime foram presos. Leia mais: Procon orienta fãs sobre direitos após cancelamento de show Fã de Taylor é morto a facadas em assalto na areia de Copacabana Fã morre durante show de Taylor; o que se sabe até agora Turista que estava no Rio para show da Taylor Swift é morto em assalto

source https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2023/11/20/taylor-swift-volta-a-empolgar-publico-no-engenhao-no-rio.ghtml
Postagem Anterior Próxima Postagem