carnaval de ofertas

Quem é Luis Caputo, futuro ministro da Economia da Argentina escolhido por Javier Milei


O presidente eleito Javier Milei definiu nesta quarta-feira (29) o nome de Luis Caputo, que vai enfrentar uma inflação que alcança três dígitos e uma sociedade em que 40% dela está mergulhada na pobreza. Quem é Luis Caputo, futuro ministro da Economia da Argentina escolhido por Javier Milei Reprodução/TV Globo O presidente eleito Javier Milei definiu nesta quarta-feira (29) o ministro da Economia. Luis Caputo vai enfrentar uma inflação que alcança três dígitos e uma sociedade em que 40% dela está mergulhada na pobreza. Caputo é nome conhecido, uma figura que já embarcou no governo do ex-presidente Mauricio Macri - de quem Milei recebeu apoio para faturar o segundo turno. No Jornal da Globo, Ariel Palácios comentou sobre a indicação de Milei: “O nome de Caputo foi necessário para acalmar os mercados, já que ele representa uma barreira aos planos mirabolantes de Milei de acabar com o Banco Central. Caputo tampouco concorda com a ideia de Milei de acabar com o peso e substituí-lo pelo dólar", analisa. Caputo é primo-irmão de Nicolás Caputo, um empreiteiro que é um dos melhores amigos do ex-presidente Maurício Macri. Tanto o ex-presidente, como Nicolás e Luis Caputo foram colegas de escola, uma velha guarda do macrismo embora o novo ministro seja de outra geração. Durante o governo de Macri, entre 2015 e 2019, Caputo foi secretário de Finanças com a missão de estancar a forte desvalorização do peso frente ao dólar. Também foi ministro da Economia e depois, por apenas 3 meses, presidente do Banco Central. Para Ariel, “a falta de base parlamentar” fez com que Milei precisasse negociar com Macri, que o colocou vários integrantes do novo governo, entre eles, Caputo. “Para o grande público Milei continua dizendo que vai acabar com o Banco Central e dolarizar a economia. Mas na vida real, esses planos ficam no freezer, já que o presidente eleito se deparou com falta de base parlamentar e portanto, precisou negociar com Macri, que lhe colocou vários integrantes do novo governo, entre eles Caputo. Há meia década Milei criticava Caputo, acusando-o de ter “torrado” US$ 15 bilhões durante o breve período no qual comandou o Banco Central, mas agora Milei chama Caputo de “o Messi das finanças”", ressalta Ariel. Embaixador da Argentina no Brasil continuará no posto Outro gesto de acomodação de Milei desde a eleição e neste momento de formação do novo governo, é o posto da embaixada da Argentina no Brasil. Daniel Scioli, ex-vice-presidente peronista no governo de Néstor Kirchner, ex-candidato presidencial do peronismo em 2015, que foi enviado como embaixador ao Brasil pelo também peronista presidente Alberto Fernández, continuará como embaixador com Milei. Scioli tem enorme habilidade, soube negociar com Bolsonaro e com Lula.

source https://g1.globo.com/jornal-da-globo/noticia/2023/11/30/quem-e-luis-caputo-futuro-ministro-da-economia-da-argentina-escolhido-por-javier-milei-ou-nome-de-caputo-foi-necessario-para-acalmar-os-mercados-diz-ariel-palacios-sobre-indicacao-de-milei-para-ministro-da-economia-da-argentina.ghtml
Postagem Anterior Próxima Postagem