carnaval de ofertas

Enem 2023: primeiro dia começa neste domingo (5); quase 4 milhões estão inscritos


Portões serão abertos às 12h e fechados às 13h. Aplicação das provas começará meia hora depois com questões de linguagens e ciências humanas, além da redação. Primeiro dia do Enem será neste domingo (13) Shutterstock Quase 4 milhões de candidatos estão inscritos para fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2023, que começa neste domingo (5) com as provas de linguagens e ciências humanas, além da redação. A partir das 18h30, o g1 divulgará o gabarito extraoficial das questões e fará a correção ao vivo com professores do curso Anglo. GABARITO EXTRAOFICIAL DO ENEM 2023 - será atualizado aqui COBERTURA EM TEMPO REAL - acompanhe por aqui PROGRAMA AO VIVO COM PROFESSORES - Será transmitido na página do g1 e nos canais no YouTube e no TikTok Para não ter stress e correr o risco de perder a prova, a recomendação do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) é chegar às 12h no local do exame. A fim de evitar qualquer contratempo, o candidato deve sair com antecedência de casa, conferindo antes se está com a documentação e material necessários. Não se esqueça de que, aos domingos, a frota de ônibus e trens, geralmente, é reduzida. O local do exame consta do Cartão de Confirmação da Inscrição de cada participante, que pode ser acessado em https://ift.tt/rs2tJqS. Não é obrigatório levá-lo, mas com ele em mãos facilita para localizar o prédio e a sala onde fará a prova. Para não levar nenhum susto em 5 e 12 de novembro, datas da avaliação, participe do joguinho abaixo feito pelo g1 e descubra o que é permitido usar no Enem. Mais abaixo, veja outros detalhes das exigências do Inep. O que levar no Enem RG ou outro documento oficial com foto (documentos digitais também são válidos); Caneta esferográfica transparente com tinta na cor preta (leve pelo menos duas para o caso de uma falhar); Cartão de confirmação de inscrição; Lanche (ideal é levar alimentos que deem energia, como chocolates, castanhas e barras de cereal) e água em garrafa transparente (a embalagem não deve ter rótulo). O lanche poderá ser vistoriado pelo fiscal de sala. Dica: Como são cinco horas e meia de exame, é recomendado que o candidato vá com uma roupa confortável e calçados que não apertem. Exemplos de documentos digitais de identificação que serão aceitos pelo Inep: e-Título, Carteira Nacional de Habilitação (CNH) Digital; e RG Digital. Atenção: O candidato deve apresentar o aplicativo oficial ao fiscal --- capturas de tela não serão válidas. Após a entrada na sala de aula, o uso do celular continuará vetado. O que não pode no Enem Telefones celulares, calculadoras ou qualquer equipamento eletrônico devem ser desligados e guardados no envelope porta-objetos antes de entrar na sala de provas. Caso algum som seja emitido dos aparelhos durante a prova, o candidato será eliminado; Qualquer dispositivo que receba imagens, vídeos ou mensagens; Óculos escuros, bonés, chapéus, viseiras ou gorros; Bebidas alcoólicas, cigarro e/ou drogas ilícitas. Atenção: O envelope porta-objetos, lacrado e identificado, deve ser mantido debaixo da carteira desde o ingresso na sala de provas até a saída definitiva do local de provas. ✅ Clique aqui para seguir o canal do g1 Enem no WhatsApp A partir das 13h (horário de Brasília), é permitido ir ao banheiro, mas desde que acompanhado pelo fiscal. Veja no vídeo abaixo se macetes de matemática realmente ajudam no Enem: Veja se macetes de matemática realmente ajudam no Enem Veja os horários de aplicação (no fuso de Brasília): Abertura dos portões: 12h Fechamento dos portões: 13h Início das provas: 13h30 Término das provas no 1º dia: 19h O candidato só poderá sair com o Caderno de Questões nos últimos 30 minutos que antecedem o término da prova. Correção: vale a pena chutar? As questões são corrigidas usando um modelo matemático chamado de Teoria de Resposta ao Item (TRI). A prova é preparada com perguntas pré-classificadas como fáceis, médias e difíceis. O esperado é que o candidato tenha um desempenho melhor nas mais simples. A TRI faz uma análise estatística, "antichute", para calcular uma nota final que indique se houve coerência nas respostas. Definindo de forma simplificada, esse é um método que busca priorizar a coerência no desempenho dos candidatos. A nota não é simplesmente a soma do número absoluto de acertos. Se alguém acerta as questões mais difíceis, mas erra aquelas consideradas fáceis, provavelmente "chutou" as respostas. Por isso, terá uma nota inferior à de um estudante que acertou as fáceis, mas errou as mais complexas (veja ilustração abaixo). Dois participantes acertaram 5 respostas. Veja só como aquele que errou justamente as mais fáceis tirou uma nota menor do que o ouro, que errou as difíceis Reprodução/Inep Por qual parte começar: questões ou redação? Além do conteúdo, um bom desempenho na prova também depende de organização por parte do candidato a fim de administrar bem o tempo para a resolução das questões e a redação. Veja dicas abaixo: Começar pelas questões mais fáceis. Assinalar as perguntas que forem "puladas". Intercalar a redação e as perguntas. Reservar, no máximo, 1 hora e meia para a redação. Dividir o tempo por etapas (redação, ciências humanas e linguagens), e não por perguntas. Confira aqui o detalhamento de cada uma delas. Vídeos: Como tirar nota mil na redação? Veja dicas de alunos que conseguiram o grande feito: Veja dicas de alunos que tiraram nota mil na redação do Enem 2022 Ainda dá tempo? Veja como turbinar seus estudos: Seis técnicas que podem turbinar seus estudos

source https://g1.globo.com/educacao/enem/2023/noticia/2023/11/05/enem-2023-primeiro-dia-comeca-neste-domingo-5-quase-4-milhoes-estao-inscritos.ghtml
Postagem Anterior Próxima Postagem