carnaval de ofertas

Coreia do Norte envia tropas para região de fronteira após suspender acordo militar com a Coreia do Sul


Regime de Kim Jong-un suspendeu um pacto militar que mantinha com o vizinho após lançar seu primeiro satélite espião. Armas também foram enviadas para a fronteira. Soldado do exército sul-coreano em região desmilitarizada da fronteira entre as Coreias, em 2018 Ahn Young-joon/Pool via REUTERS A Coreia do Norte enviou armas e tropas para a região da fronteira com a Coreia do Sul após suspender um acordo militar que mantinha com o país vizinho. As informações foram publicadas nesta segunda-feira (27) pela agência sul-coreana Yonhap. O tratado foi assinado em 2018 e acabou sendo suspenso na quarta-feira (22) — um dia após a Coreia do Norte lançar seu primeiro satélite militar. "Nos retiraremos das medidas militares tomadas para prevenir tensões militares e incidentes em todas as áreas, como terra, mar e ar, e colocaremos forças fortemente armadas e equipamento militar avançado nas zonas fronteiriças", afirmou o Ministério de Defesa norte-coreano. A Coreia do Sul também anunciou que pretende retomar operações militares de vigilância na fronteira após o lançamento do satélite norte-coreano. O satélite Mallingyong-1 é considerado um equipamento espião pela Coreia do Sul e aliados. Nos últimos dias, o governo da Coreia do Norte disse que Kim Jong-un teve acesso a imagens feitas pelo dispositivo. Entre os registros feitos pelo satélite estão imagens de bases militares dos Estados Unidos na Coreia do Sul e em solo norte-americano.

source https://g1.globo.com/mundo/noticia/2023/11/27/coreia-do-norte-envia-tropas-para-regiao-de-fronteira-apos-suspender-acordo-militar-com-a-coreia-do-sul.ghtml
Postagem Anterior Próxima Postagem