carnaval de ofertas

Calor provoca queda na produção de leite no ES e até ventiladores são usados para amenizar efeitos das altas temperaturas nos animais


Produção de leite caiu até 40% em algumas propriedades de Colatina, no Noroeste do Espírito Santo. Calor provoca queda na produção de leite e produtores usam até ventiladores para amenizar O calor intenso, a falta de chuva e a perda no volume de água nas represas tem prejudicado a irrigação da pastagem consumida pelo gado em Colatina, no Noroeste do Espírito Santo. Sem um pasto de qualidade para os animais, os custos com a alimentação aumentaram. Alguns produtores registraram queda de até 40% na produção de leite e já estão recorrendo a suplementação e outros meios para amenizar os efeitos do calor nos animais. Compartilhe no WhatsApp Compartilhe no Telegram Manteiga e queijo produzidos em Colatina, ES Reprodução/TV Gazeta Na propriedade de Lézio Sathler, o leite retirado das vacas é usado para a produção de queijo, requeijão e manteiga. Nos últimos dias, a produção caiu cerca de 40%. "Consequência do fortíssimo calor que estamos vivendo, obviamente o animal sente e a natureza sente", disse o produtor. Calor provoca queda na produção de leite em Colatina, ES Reprodução/TV Gazeta Em Povoação, no Distrito de Baunilha, no interior da cidade, a queda na produção de leite foi de 5%, e segundo, a pecuarista Karla Lievore, poderia ser ainda maior se não fosse o sistema de confinamento. Em uma área reservada os animais contam com ventilação 24 horas e banhos que ajudam a amenizar as consequências das altas temperaturas. Gado fica em área com ventiladores e tomam banho para não sofrer com o calor no ES Reprodução/TV Gazeta "O sistema preza pelo conforto e bem-estar. Temos uma cama de pó de serra, os ventiladores funcionando direto e o refrescamento desses animais na sala pra ordenha", disse Karla. O sistema reduz os impactos na produção de leite, porém, reduz a concepção dos animais que atinge cerca de 30% nos períodos mais quentes. Produção de leite caiu no ES Reprodução/TV Gazeta "Impacta diretamente na questão reprodutiva dos animais e temos uma taxa de concepção menor nessa época do ano", disse a pecuarista. Além da queda na produção aliada ao aumento nos custos, o preço do leite no mercado está deixando alguns produtores desanimados. "O Brasil importou muito leite, em especial da Argentina e Uruguai, leite barato. As grandes indústrias compraram bastante leite, estocaram e refizeram todo o seu estoque e o produtor de leite tem amargado preços baixos", disse Karla Lievore. Leite produzido em Colatina, ES Reprodução/TV Gazeta VÍDEOS: tudo sobre o Jornal do Campo Veja o plantão de últimas notícias do g1 Espírito Santo

source https://g1.globo.com/es/espirito-santo/agronegocios/noticia/2023/11/27/calor-provoca-queda-na-producao-de-leite-no-es-e-ate-ventiladores-sao-usados-para-amenizar-efeitos-das-altas-temperaturas-nos-animais.ghtml
Postagem Anterior Próxima Postagem