carnaval de ofertas

Serra dos Órgãos tem uma das travessias mais bonitas do país; saiba mais sobre o local


Com 30 quilômetros de extensão entre Petrópolis e Teresópolis, a Serra dos Órgãos é conhecida mundialmente por suas belezas. Assista à íntegra. Trilha pela Serra dos Órgãos revela cenários e encontro com animais O Globo Repórter desta sexta-feira (13) destacou os principais pontos do Parque Nacional da Serra dos Órgãos, situado no estado do Rio de Janeiro. Com 30 quilômetros de extensão entre Petrópolis e Teresópolis, a travessia, conhecida mundialmente por suas belezas. O programa percorreu uma jornada por trilhas e montanhas, onde a passagem de tirar o fôlego se transforma em um laboratório ao ar livre para pesquisadores, que estudam, inclusive, a vida animal na região. A bióloga e pesquisadora da Fiocruz Márcia Chame destacou alguns dos animais que é possível ver por lá: "Gato-do-mato, cachorro-do-mato e onça". Serra dos Órgãos possui uma das travessias mais bonitas do Brasil. TV Globo/Reprodução Trilha do Rancho Frio Antes da travessia, uma exploração na Trilha do Rancho Frio, que é fechada ao público e reservada para pesquisas científicas, permite conhecer um pouco sobre a vida selvagem na região. Por ter pouco movimento, os animais costumam ficar mais à vontade por lá. O nome rancho frio veio de um abrigo natural que já foi muito utilizado por caçadores, que já levaram espécies a serem extintas. Local que deu nome à trilha do rancho frio. TV Globo/Reprodução No local, pesquisadores instalam câmeras para observar as atividades diárias dos animais. “A gente filmou comportamentos bem interessantes. A gente vê a onça marcando território, os felinos, em geral, eles cavam, marcam com urina, a gente vê alguns animais procurando caça e têm comportamento reprodutivo também. Então, a gente viu uma fêmea e um macho fazendo um passeio em frente às câmeras, uma espécie de corte reprodutiva”, diz Cecilia Cronemberger, que é coordenadora-geral de pesquisa e monitoramento do ICMBio. A tecnologia permitiu ainda o primeiro registro do mundo de leucismo em uma onça-parda, uma condição diferente do albinismo, mas que também tornam a pele do animal branca. Trilha do Rancho Frio, na Serra dos Órgãos, revela surpresas Castelos do Açu Outra parada notável na jornada é nos Castelos do Açu, um abrigo natural no meio das montanhas. No local, está situada uma pedra que se partiu em três partes. “Dá para imaginar que já foi tudo colado uma pedra na outra. Uma única pedra que partiu e foi sendo polida pela água, pelo vento, enfim. Você consegue ver que se encaixa”, conta guia de montanha Ivo Junior. Castelos do Açu serve como abrigo natural no meio das montanhas Pedra do sino A Pedra do Sino é um marco para quem vai até o local. Foi por lá que a reportagem conheceu Rodrigo Travassos e Maria Manuela Bertoletti. O local tem um significado a mais para o casal, pois foi onde o pedido de casamento ocorreu na primeira vez que eles subiram. Eles agora levam, inclusive, os três filhos para visitá-la. “Eu acho que essa geração que está muito focada nas telas, no videogame. Eu acho que a gente traz eles para caminhada, e aí a gente vai cruzando com as pessoas, com a histórias, com respeito. Então, é realmente para abrir a cabeça e ver o mundo de uma forma diferente”, ressalta Manuela. Casal retorna com filhos para local de pedido de casamento no alto da montanha Veja a íntegra do programa abaixo: Edição de 13/10/2023 Confira as últimas reportagens do Globo Repórter:

source https://g1.globo.com/globo-reporter/noticia/2023/10/14/serra-dos-orgaos-tem-uma-das-travessias-mais-bonitas-do-pais-saiba-mais-sobre-o-local.ghtml
Postagem Anterior Próxima Postagem