Jogador do Farroupilha responde a inquérito por ofensa racista contra árbitro durante partida

Defesa de Jean Roberto Souza da Silva negou que jogador tenha proferido palavras racistas. Caso aconteceu durante partida de futebol contra o Rio Grande válida pela série B do Campeonato Gaúcho. Um jogador de futebol de 29 anos do Grêmio Atlético Farroupilha, de Pelotas, na Região Sul do Rio Grande do Sul, responde a um inquérito policial por injúria racial após ter sido preso em flagrante por ofender um auxiliar do árbitro durante uma partida em Rio Grande, na quarta-feira (4). De acordo com a delegada Alexandra Sosa, responsável pela investigação, Jean Roberto Souza da Silva disse "o negão tem que trabalhar na obra" após um conflito com a arbitragem durante o jogo. Ele foi solto na quinta (5) da Penitenciária de Rio Grande após decisão judicial e responde pelo crime em liberdade. O advogado do Farroupilha, Hermes Rockenbach, que representa Jean Roberto, afirma que o atleta não cometeu o crime. "Jamais o Jean Roberto, que é um atleta muito conhecido, faria isso. A esposa dele, inclusive, é negra. [A prisão] se deu após um tumulto em razão de um pênalti mal marcado pela arbitragem, que já tem um problema anterior com o atleta. Estamos tomando as medidas necessárias", afirma Rockenbach. De acordo com a delegada Alexandra, a partida ocorria durante a tarde no Estádio Arthur Lawson. O Farroupilha jogava contra o Sport Club Rio Grande em disputa válida pela Série B do Campeonato Gaúcho. Durante o segundo tempo do jogo, o Farroupilha reclamou da arbitragem, que marcou um pênalti em favor do Rio Grande. Teria sido nesse momento que o atleta proferiu as ofensas. Ele recebeu cartão vermelho e foi levado para fora do campo por colegas de time. Após a partida, ele e o auxiliar do árbitro foram para a delegacia de polícia, onde o atleta foi autuado em flagrante e levado para a penitenciária. "Conforme relato do auxiliar, o suspeito disse 'negão tem que trabalhar na obra' para ele. O suspeito contou que não disse isso e alegou que a esposa é negra. O relato da vítima tem bastante peso nesses casos e há testemunhas. Vamos investigar o que aconteceu e apurar as responsabilidades", explica a delegada Alexandra. VÍDEOS: Tudo sobre o RS

source https://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2023/10/07/jogador-do-farroupilha-responde-a-inquerito-por-ofensa-racista-contra-arbitro-durante-partida.ghtml
Close Menu