carnaval de ofertas

Greve de Metrô e CPTM está prevista para começar à meia-noite desta terça e deve afetar 9 linhas


As linhas 4-Amarela, 5-Lilás, 8-Diamante e 9-Esmeralda vão funcionar normalmente. A paralisação deve durar 24 horas. Ônibus lotado durante greve do metrô em SP em março de 2023 Reprodução/TV Globo O governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos) e o prefeito da capital, Ricardo Nunes (MDB) decretaram ponto facultativo nesta terça-feira (3) nos órgãos públicos da cidade por conta da greve anunciada por trabalhadores do Metrô, da CPTM e da Sabesp. As categorias definiram a paralisação em assembleia na noite desta segunda-feira (2) em protesto contra os planos de privatização das companhias. A greve está prevista para começar à 0h desta terça e deve durar 24 horas; Serão afetadas as linhas 1-Azul, 2-Verde, 3- Vermelha e 15-Prata do Metrô e as linhas 7-Rubi, 10-Turquesa, 11-Coral, 12-Safira e 13-Jade da CPTM; As linhas 4-Amarela, 5-Lilás, 8-Diamante e 9-Esmeralda, que são geridas pela iniciativa privada, vão funcionar normalmente; Justiça do Trabalho decidiu que os sindicatos dos metroviários e dos ferroviários mantenham 100% da frota circulando nos horários de pico e 80% nos demais horários. Serviços suspensos devido ao ponto facultativo As aulas da rede estadual estão suspensas. Já as aulas das escolas e creches municipais estão mantidas; O rodízio de veículos também foi cancelado; As consultas em Ambulatórios Médicos de Especialidades (AMEs) da capital e em outras unidades de saúde estaduais estão suspensas, mas terão seus reagendamentos garantidos; Não haverá expediente nas unidades do Poupatempo; O ponto facultativo será estendido também ao funcionamento da Assembleia Legislativa do estado e ao Judiciário. Operação especial para ônibus A frota de ônibus da capital estará 100% em operação, segundo o prefeito. “Há um número maior de ônibus nos horários de pico, e no entrepico diminui, mas amanhã será a carga o dia todo”, afirmou. A SPTrans ampliou o itinerário de 25 linhas municipais de ônibus, para permitir que os passageiros consigam chegar mais próximo de locais com maior concentração de comércio e serviços (confira abaixo). Segundo a Secretaria dos Transportes Metropolitanos, o sistema Paese não será acionado nesta terça, já que ele funciona apenas em casos de emergência. A EMTU determinou que as operadoras do sistema metropolitano reforcem as frotas em pontos estratégicos da Grande São Paulo, de acordo com a necessidade do momento. Linhas estendidas da estação do Metrô Corinthians-Itaquera até o Metrô Tatuapé: 2703/10 Jd. Etelvina - Metrô Itaquera 2703/21 Jd. Etelvina - Metrô Itaquera 2703/22 Jd. Gianetti - Metrô Itaquera 2707/10 Chabilândia - Metrô Itaquera 2707/31 Chabilândia - Metrô Itaquera 2721/10 Jd. Nazaré - Metrô Itaquera 2733/10 Pq. Guarani - Metrô Itaquera 2734/10 Jd. Campos - Metrô Itaquera 3732/10 CPTM José Bonifácio - Metrô Itaquera 3741/10 CPTM D. Bosco - Metrô Itaquera 374V/10 Jd. Santana - Metrô Itaquera 3754/10 Inácio Monteiro - Metrô Itaquera 407H/10 Jd. São Francisco - Metrô Itaquera Linhas estendidas da Estação CPTM Guaianases até o Metrô Carrão: 2004/10 Jd. Nsa. Sra. Do Caminho - CPTM Guaianases 2009/10 Jd. Robru – CPTM Guaianases 2059/10 São Miguel – CPTM Guaianases 2202/10 Jd. Das Oliveiras - CPTM Guaianases 3026/10 Vl. Iolanda Ii - CPTM Guaianases 3064/10 Cid. Tiradentes - CPTM Guaianases Linhas estendidas da estação Metrô Tucuruvi até o Metrô Luz: 1705/10 Jd. São João - Metrô Tucuruvi 1705/51 Cem. Pq. Da Cantareira - Metrô Tucuruvi 1709/10 Jd. Joana D'arc - Metrô Tucuruvi 1709/21 Jd. Joamar - Metrô Tucuruvi 1720/21 Vila Sabrina - Metrô Tucuruvi 1722/10 Jd. Marina - Metrô Tucuruvi Linhas que serão reforçadas: As linhas abaixo terão suas frotas reforçadas, por operarem em trechos estratégicos para a cobertura dos eixos metroviários. 106A/10 Metrô Santana – Itaim Bibi 107T/10 Metrô Tucuruvi - Term. Pinheiros 1178/10 São Miguel - Praça do Correio 175P/10 Metrô Santana – Ana Rosa 175T/10 Metrô Santana – Metrô Jabaquara 2104/10 Metrô Santana - Term. Pq. D. Pedro II 3539/10 Cid. Tiradentes - Metrô Bresser 407P/10 Term. Cidade Tiradentes – Metrô Tatuapé 4310/10 E.T. Itaquera - Term. Pq. D. Pedro II 5110/10 Term. São Mateus - Term. Mercado 5290/10 Divisa de Diadema - Term. Pq. D. Pedro II 8400/10 Term. Pirituba - Praça Ramos de Azevedo 8615/10 Parque da Lapa – Term. Pq. D. Pedro II Determinações da Justiça do Trabalho A Justiça do Trabalho decidiu que os sindicatos dos metroviários e dos ferroviários mantenham 100% da frota circulando nos horários de pico e 80% nos demais horários. Além disso, determinou que o Sindicato dos Trabalhadores em Água e Esgoto e Meio Ambiente mantenha 85% dos servidores em serviços essenciais, em atividade, durante todo o dia. A respeito da decisão da Justiça, o Sindicato dos Ferroviários afirmou, em nota, que "o departamento jurídico do sindicato já está tomando as providências". Em comunicado, o Sindicato dos Metroviários e Metroviárias informou que recorreu da decisão. "No recurso argumentamos que o direito de greve é constitucional e cabe aos trabalhadores decidirem sobre os interesses pertinentes à categoria." O Sindicato dos Trabalhadores em Água, Esgoto e Meio Ambiente também informou que recorrerá da decisão da Justiça.

source https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/noticia/2023/10/03/greve-de-metro-e-cptm-esta-prevista-para-comecar-a-meia-noite-desta-terca-e-deve-afetar-9-linhas.ghtml
Postagem Anterior Próxima Postagem