carnaval de ofertas

Ex-morador de rua que estava desaparecido há 47 anos reencontra família: 'Tinha perdido as esperanças'


Samuel Cirilo morou na rua, mas estava há seis anos em um centro de apoio em Caçapava (SP); família é de Timóteo (MG) e foi encontrada com a ajuda da equipe de assistência social do abrigo. Samuel reencontrou a irmã Miriã no Centro de Apoio a Moradores de Rua de Caçapava. Arquivo pessoal/Arte/g1 47 anos. Esse foi o tempo em que a família de Samuel Cirilo ficou sem notícia alguma de seu paradeiro. Quase cinco décadas depois e após morar na rua, o homem - que hoje já tem 53 anos - reencontrou seus familiares na tarde deste sábado (28), em Caçapava, cidade do interior de São Paulo. Até outubro de 2022, Samuel era conhecido como 'Luiz do Papel' por dois motivos. Um deles, pois escrever foi um de seus principais hobbies ao longo dos seis anos que morou em um centro de atendimento para pessoas em situação de rua, em Caçapava. O outro motivo era porque o homem, diagnosticado com transtornos psicológicos, não se lembrava de seu verdadeiro nome e de seu passado. No começo do último ano, a assistente social Maria Faria começou a trabalhar no lugar onde Samuel morava. Ela deu continuidade a um processo de tentativa de descobrir a verdadeira identidade do homem. Após conseguirem por meio da digital, começaram a descobrir os primeiros detalhes sobre o rapaz. Samuel, Maria Faria (assistente social) e João Paulo (coordenador da Associação Pão Nosso) Arquivo pessoal "De acordo com alguns registros da prefeitura, ele chegou na cidade em 2015 e ficou em situação de rua até 2017, quando aceitou ser acolhido. Quando conseguimos o identificar, pedimos a certidão de nascimento dele, fizemos o CPF e quando fomos fazer o título de eleitor, o pessoal do cartório conseguiu ver que ele tinha irmãs que foram votar na última eleição. Como havia sigilo, não puderam passar, mas fomos atrás do Ministério Público e de outros órgãos para conseguir mais informações", disse Maria. Com mais detalhes, a assistente social entrou em contato com uma das irmãs de Samuel para contar que o homem estava em Caçapava, mas após tanto tempo sem notícias, não foi tão fácil convencer a família que o irmão havia aparecido. "Consegui falar com uma das irmãs, a Esmeralda, no dia 10 de outubro. Inicialmente, ela não acreditou, achou que fosse um golpe e ficou revoltada comigo. Pedi para ligar por vídeo e ela o reconheceu. Disse que ele é muito parecido com o pai - que já faleceu - e o irmão mais velho. Quando viu que realmente era verdade, chorou muito e disse que tinha sido uma vida inteira procurando por ele", relembrou a Maria Faria. Samuel era conhecido como "Luiz do Papel", pois gostava de escrever Arquivo pessoal Segundo Maria, a irmã relatou que a família era composta por oito irmãos, mas hoje três mulheres e um homem - além de Samuel - ainda estão vivos. A mãe faleceu quando eles ainda eram crianças e Samuel foi adotado por uma família de São Paulo. Depois da partida do irmão, nunca mais haviam tido notícia deles, mesmo com diversas tentativas de contato e até idas em programas de televisão. "Quando ficaram sabendo, queriam vir buscá-lo na hora, mas como precisavam arrumar o transporte vieram 18 dias depois. Nesse tempo fiquei falando para ele que havia encontrado a irmã dele. Devido ao que já passou e pelos transtornos, ele não consegue se expressar muito, é bem quieto. Mas sempre que falava ele sorria. Perguntava se estava feliz e ele dizia que sim", comentou Maria. Samuel e sua irmã Miriã se reencontraram depois de 47 anos Arquivo pessoal O reencontro aconteceu por volta do meio-dia deste sábado (28) e contou com muita emoção. A irmã do homem, Miriã Cirilo, chorou ao rever e abraçar o irmão. É ela quem vai cuidar de Samuel na cidade de Timóteo (MG), local onde a família mora. "Nós já tínhamos procurado de todas as maneiras e não tínhamos encontrado. Hoje viemos aqui buscar meu irmão que estava desaparecido há muitos anos e trouxe uma alegria muito grande a nossa família, pois já tínhamos perdido as esperanças de encontrar o Samuel. Mas pela glória de Deus e pelo trabalho dessa equipe, tivemos a oportunidade de reencontrar o nosso irmão", disse a irmã de Samuel, Miriã Cirilo, à Associação Pão Nosso. Samuel reencontrou a irmã Miriã no Centro de Apoio a Moradores de Rua de Caçapava Arquivo pessoal "Ele passou a manhã arrumando as coisas dele e aguardando a chegada da irmã. Quando chegaram, ele se despediu da gente, já foi colocando as malas no carro. Ele queria ir. O encontro teve muitas lágrimas. Também me emocionei bastante ", disse a assistente social da Associação Pão Nosso, mantenedora do centro de apoio que Samuel morou por seis anos. Samuel deixando o lar que morou por seis anos para ir embora com a família Arquivo pessoal Minutos depois, o ex-morador de rua de 53 anos e os familiares partiram para Minas Gerais. Samuel voltará a ficar perto da família, acontecimento que alegrou Maria e toda a equipe do centro de apoio. "Para mim não tem preço. Nada nesse mundo que paga o que vivenciei hoje e o que vi nos olhos da irmã. A emoção de reencontrar o bebê dela depois de 47 anos. Ela me disse que havia entregado nas mãos de Deus e pediu para que onde quer que ele estivesse, que houvesse alguém cuidando dele", concluiu Maria. Samuel vai morar com a família em Timóteo (MG) Arquivo pessoal A Associação Pão Nosso (APN), que ajudou Samuel a reencontrar a família, é uma entidade sem fins lucrativos, em parceria com a Prefeitura Municipal de Caçapava. O local funciona como um centro de atendimento para pessoas em situação de rua, que acolhe pessoas maiores de 18 anos de idade, de forma consensual e voluntária, por meio de diálogo, conversa e esclarecimentos sobre as possibilidades de reinserção social, cidadania e resgate da dignidade. Samuel reencontrou a irmã Miriã no Centro de Apoio a Moradores de Rua de Caçapava. Arquivo pessoal Veja mais notícias sobre o Vale do Paraíba e região bragantina

source https://g1.globo.com/sp/vale-do-paraiba-regiao/noticia/2023/10/29/ex-morador-de-rua-que-estava-desaparecido-ha-47-anos-reencontra-familia-tinha-perdido-as-esperancas.ghtml
Postagem Anterior Próxima Postagem