Legislação e altos custos de operação: entenda os desafios para a expansão da rede 5G no Brasil


Com velocidade de navegação até 100 vezes mais rápida do que o 4G, a rede 5G chegou ao Brasil há pouco mais de um ano e já alcançou mais de 10 milhões de usuários no país, segundo as empresas do setor. Os desafios para a expansão da rede 5G no Brasil Reprodução/TV Globo Com velocidade de navegação até 100 vezes mais rápida do que o 4G, a rede 5G chegou ao Brasil há pouco mais de um ano e já alcançou mais de 10 milhões de usuários no país, segundo as empresas do setor. No final de agosto, o governo liberou a frequência 5G em mais de 100 municípios brasileiros, ultrapassando a marca de 1.800 cidades aptas a receber a tecnologia, onde mais da metade da população brasileira vive. Mas os desafios ainda são muitos. Mesmo nos grandes centros que já instalaram o 5G, ainda há locais em que a população não tem acesso à internet (saiba mais abaixo). A chegada do sinal com qualidade depende de infraestrutura - em especial, do número de antenas. A quantidade ideal usadas em países desenvolvidos é de 1000 habitantes para cada antena. No entanto, de acordo com um levantamento do movimento Antene-se, que discute melhorias na conectividade -- nenhuma capital brasileira chega nem perto disso. Os desafios para a expansão da rede 5G no Brasil Reprodução/TV Globo Legislação Um dos entraves para ampliação da rede é a implementação da nova lei das antenas. Essa legislação que facilita o licenciamento tem que ser aprovada pelos municípios. "447 cidades brasileiras que já atualizaram suas leis. A grande boa notícia é que esse 447 municípios somam aproximadamente 44% da população brasileira, ou seja mais de 40% da população já vive numa cidade que está preparada com sua lei para receber uma nova antena de 5G na sua cidade", destaca o porta voz do movimento Antene-se e presidente da Abrintel. Em São Paulo, a lei das antenas foi aprovada em janeiro de 2022. Em março, a prefeitura firmou um acordo com as operadoras para instalar antenas em áreas periféricas - como Marsilac - de acordo com a prefeitura, foram instaladas 318 em 11 meses. "Hoje a cidade de São Paulo, emite um licenciamento em torno de 10 dias 5 dias no passado chegou a cinco anos", destaca Luciano José Stutz. Os desafios para a expansão da rede 5G no Brasil Reprodução/TV Globo Altos custos de operação Segundo o Sindicato das Empresas de Telecomunicações, além da legislação os altos custos de operação no país também atrasam a democratização do 5G. "A maioria da população tem uma renda média baixa porque acaba gerando dificuldade para adquirir o serviço, mas nós acreditamos que a reforma tributária pode levar um caminho no qual favoreça a população desde que reduza carga tributária telecomunicações. Aqui no Brasil, nós temos uma das maiores cargas tributárias do mundo o que certa forma afeta a demanda pelo serviço de telecom", ressalta Marcos Ferrari, presidente executivo da Conexis. Os desafios para a expansão da rede 5G no Brasil Reprodução/TV Globo LEIA TAMBÉM: O que é o 5G Veja as 10 cidades mais preparadas para o 5G, de acordo com pesquisa; 9 estão em São Paulo Internet 5G completa 1 ano no Brasil com mais de 8 milhões de usuários; ainda assim, sinal apresenta intermitência

source https://g1.globo.com/jornal-da-globo/noticia/2023/09/23/legislacao-e-altos-custos-de-operacao-entenda-os-desafios-para-a-expansao-da-rede-5g-no-brasil.ghtml
Close Menu