".

20 pessoas na pista: palco de eletrônica do The Town erra ao escalar DJs na hora das atrações principais


A última atração a se apresentar no palco New Dance Order, do The Town, neste domingo (10), tocou para menos de 20 pessoas. Palco New Dance Order durante apresentação da festa ODD, no último dia de The Town Marina Lourenço A última atração a se apresentar no palco New Dance Order, do The Town, neste domingo (10), tocou para menos de 20 pessoas. No começo do show, encabeçado pela festa ODD e os DJs Vermelho e Zopelar, o número não chegava a dez. Do outro lado do festival, rolava o show mais esperado do dia, Bruno Mars, em sua segunda passagem pelo The Town. O americano teve praticamente todas as 100 mil pessoas do público voltadas para ele. Já era sabido que Bruno seria o queridinho. Surpresa seria se qualquer atração simultânea à dele tivesse uma plateia maior. Mas, ainda assim, chama a atenção a baixíssima quantidade de quórum que a famosa festa paulistana teve. É comum — e até esperado — que festivais tenham shows simultâneos. Sendo o headliner a principal atração do evento, no entanto, a escolha de qualquer show que ocorra no mesmo horário a esse nome deve ser cautelosa. Diferentemente do que rola ao longo dia, o momento do headliner é quando todos os olhos e ouvidos estão voltados ao palco principal. Vale, então, medir bem o potencial de público que cada alternativa oferece. Apesar de os DJs da ODD terem se apresentado para um público muito enxuto — e pouquíssimo animado —, os da Batekoo, que disputaram atenção com Post Malone, no primeiro dia do festival, conquistaram uma plateia relativamente maior, com cerca de mais de cem pessoas, e embaixo de chuva. No sábado (9), a festa underground Mamba Negra teve pouco mais de 50 pessoas. A atração competia com os roqueiros do Foo Fighters, no palco principal, e com o funkeiro MC Don Juan, no Factory. Em termos de quórum, ficou abaixo de ambos. O show de Don Juan estava lotado. Obviamente, não na mesma proporção que os Foo Fighters, mas era expressivamente maior do que as atração com DJs. Talvez, se as últimas apresentações do palco eletrônica fossem após os headliners, seu público poderia ser mais significativo. Ao menos, combinaria com a energia de "after" tão famosa na cena eletrônica.

source https://g1.globo.com/pop-arte/musica/the-town/2023/noticia/2023/09/11/20-pessoas-na-pista-palco-de-eletronica-do-the-town-erra-ao-escalar-djs-na-hora-das-atracoes-principais.ghtml
Postagem Anterior Próxima Postagem

Ads

Facebook