Pioneiras no futebol feminino, Elzinha e Rose, atletas do Bangu, foram destaque dos ‘Gols do Fantástico’ em 1983

Durante muitos anos, os homens foram os únicos protagonistas do quadro. Até que, num domingo de 1983, essa história mudou. O amistoso entre os times femininos do Bangu e do Cruzeiro ganhou destaque. Fantástico relembra primeiro Gol do Fantástico marcado por mulheres Nos anos 1970 e 1980, Rose e Elzinha jogaram pelo Bangu, equipe do Rio de Janeiro, cujo time masculino chegou a ser vice-campeão brasileiro, em 1985. Pioneiras, as duas foram o tema do quadro “Gols do Fantástico”, em 1983. Durante muitos anos, os homens foram os únicos protagonistas do quadro. Até que, num domingo de 1983, essa história mudou. O amistoso entre os times femininos do Bangu e do Cruzeiro ganhou destaque. Um maracanã lotado, que esperava para ver Flamengo e Corinthians pelo Brasileirão masculino, assistiu à goleada do Bangu por 4 a 1 no jogo preliminar. Tudo isso aconteceu apenas seis dias depois da regulamentação do futebol feminino no Brasil. Por 38 anos, entre 1941 e 1979, a prática da modalidade entre mulheres foi proibida com a publicação de um decreto-lei assinado pelo então presidente Getúlio Vargas. Apesar disso, elas nunca desistiram do esporte. "É perseverança. Resistência. Que nós fomos isso. Nós e as outras meninas de outros clubes da antiga, daquele tempo, daquela época", contou Rose. "O ‘Gols do Fantástico’, o artilheiro do Fantástico, era um lugar que só os homens ocupavam, e a nossa jogada naquele domingo tomou conta", brincou . Na ocasião, pela primeira vez na história do programa, uma mulher foi escolhida a ‘Artilheira do Fantástico’, o destaque da rodada. Mas a novidade do futebol feminino era tão grande que alguns errinhos aconteceram. O Fantástico daquela noite acabou trocando os nomes. "A jogada foi toda de Rose, que driblou com muito estilo, passou pela zaga do Cruzeiro e bateu com toda a força que tinha nos pés. A goleira beca não segurou, Elzinha entrou só para conferir. Rose, com nome de flor, artilheira do Fantástico", narrou Leo Batista. Na verdade, foi Elzinha que fez a grande jogada, e a Rose que completou para o gol. Ouça os podcasts do Fantástico ISSO É FANTÁSTICO O podcast Isso É Fantástico está disponível no g1, Globoplay, Deezer, Spotify, Google Podcasts, Apple Podcasts e Amazon Music trazendo grandes reportagens, investigações e histórias fascinantes em podcast com o selo de jornalismo do Fantástico: profundidade, contexto e informação. Siga, curta ou assine o Isso É Fantástico no seu tocador de podcasts favorito. Todo domingo tem um episódio novo. PRAZER, RENATA O podcast 'Prazer, Renata' está disponível no g1, no Globoplay, no Deezer, no Spotify, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, na Amazon Music ou no seu aplicativo favorito. Siga, assine e curta o 'Prazer, Renata' na sua plataforma preferida. BICHOS NA ESCUTA O podcast 'Bichos Na Escuta' está disponível no g1, no Globoplay, no Deezer, no Spotify, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, na Amazon Music ou no seu aplicativo favorito.

source https://g1.globo.com/fantastico/noticia/2023/07/16/pioneiras-no-futebol-feminino-elzinha-e-rose-atletas-do-bangu-foram-destaque-dos-gols-do-fantastico-em-1983.ghtml
Close Menu