Incêndios florestais deixam qualidade do ar insalubre em Montreal no Canadá mostra estudo


O centro canadense de incêndios florestais CIFFC lista mais de 450 incêndios ativos em todo o país, dos quais 240 estão fora de controle. Imagem de satélite da NASA mostra avanço da fumaça formada após incêndios no Canadá Reprodução/NASA Earth Observatory Os incêndios florestais no Canadá deixaram Montreal coberta de poluição neste domingo (25), fazendo com que a região registrasse a pior qualidade do ar entre as grandes cidades do mundo, aponta um estudo. A cidade mais populosa da província do Quebec tinha uma qualidade do ar "insalubre", em meio a centenas de incêndios florestais no país, segundo o IQAir, que monitora a poluição em todo o mundo. O Ministério do Meio Ambiente do Canadá avisou a várias regiões do Quebec que "as concentrações altas de partículas finas causavam uma qualidade do ar ruim e reduziam a visibilidade". A pasta pediu aos moradores que evitem atividades ao ar livre e usem máscara se precisarem sair. Eventos externos, como shows e competições esportivas, foram cancelados devido à mistura de fumaça e nevoeiro insalubre. "É realmente como uma névoa, só que é fumaça dos incêndios florestais. É muito difícil respirar e arde um pouco os olhos", descreveu Fauve Lepage Vallee, 18 anos, que lamentou o cancelamento de um festival. Existem 80 incêndios florestais ativos em Quebec, segundo a agência de proteção contra incêndios florestais Sopfeu, que registrou vários focos neste fim de semana, devido às temperaturas elevadas e à seca. O centro canadense de incêndios florestais CIFFC lista mais de 450 incêndios ativos em todo o país, dos quais 240 estão fora de controle. O Canadá vive um ano de incêndios sem precedentes, com mais de 7,4 milhões de hectares queimados desde janeiro.

source https://g1.globo.com/mundo/noticia/2023/06/26/incendios-florestais-deixam-qualidade-do-ar-insalubre-em-montreal-no-canada-mostra-estudo.ghtml
Close Menu