Diogo Nogueira transforma São João em roda de samba: 'mergulhei na felicidade de Caruaru'


Vou Pra Batucada e Colibri Brasil também interpretaram clássicos de samba e pagode durante apresentação no Polo Azulão na noite do sábado (17). Diogo Nogueira canta "Clareou" no São João de Caruaru O Polo Azulão virou uma grande roda de samba na noite do sábado (17) no São João 2023 de Caruaru, no Agreste de Pernambuco. Vou Pra Batucada, Diogo Nogueira e Colibri Brasil fizeram todo mundo "bater na palma da mão". Confira a programação completa do São João de Caruaru 2023 A primeira atração da noite foi a banda de pagode de Caruaru "Vou Pra Batucada". Com três anos de história, o grupo tocou clássicos de samba e pagode como "Eu e Você Sempre", de Jorge Aragão, "Que Pena", de Raça Negra, "Insegurança", do Pixote, e "Vai Lá, Vai Lá", do Fundo de Quintal. "É um prazer imenso pra gente. Estamos gratos de verdade de abrir um dia lindo, tava lotado o espaço. A gente se emocionou de verdade e emocionou o público", afirmou o vocalista Marcos Villa. Vou Pra Batucada no São João de Caruaru Lafaete Vaz / g1 A atração mais aguardada pelo público era o sambista Diogo Nogueira. O cantor e compositor carioca apresentou o show da turnê “MPB é samba, samba é MPB”. Ele começou a apresentação com sucessos como "Clareou" e "Fé em Deus". O músico de 42 anos também tocou clássicos da Música Popular Brasileira (MPB) como "Andança", eternizada na voz de Elis Regina, "Primavera" e "Do Leme ao Pontal", de Tim Maia, e sambas conhecidos por todo público, como "Meu Lugar", de Arlindo Cruz, "Aquele Abraço", de Gilberto Gil e "Samba da Minha Terra", de Dorival Caymmi. Diogo Nogueira no São João de Caruaru Lafaete Vaz / g1 "O Brasil é um lugar onde tem diversos ritmos. O samba é uma matriz sonora. Fazer um show cantando samba, forró e MPB para o povo é sempre especial e maravilhoso", comentou Diogo Nogueira depois da apresentação. Na Capital do Forró, o artista também improvisou "De Volta Pro Meu Aconchego", de Dominguinhos e Nando Cordel (assista abaixo) e encerrou a apresentação com "Frevo Mulher", de Zé Ramalho. Ainda sobrou tempo para canções autorias como "Ouro da Mina" e "Pé na Areia". “Mergulhei na felicidade de Caruaru” declarou Diogo Nogueira durante show no Polo Azulão. Diogo Nogueira improvisa "De volta pro meu aconchego" no São João de Caruaru Quem fechou a "roda de samba" foi o caruaruense Colibri Brasil. Com mais de 20 anos de carreira, ele interpretou canções autorais e clássicos do samba como "Judia de Mim", de Zeca Pagodinho, e "Coisinha do Pai", de Beth Carvalho. - O massa é o samba o tempo todo. Estamos segurando a resistência do samba aqui em Caruaru. Vamos continuar nessa pegada - finalizou o músico. Colibri Brasil no São João de Caruaru 2023 Lafaete Vaz / g1

source https://g1.globo.com/pe/caruaru-regiao/sao-joao/2023/noticia/2023/06/18/diogo-nogueira-transforma-sao-joao-em-roda-de-samba-mergulhei-na-felicidade-de-caruaru.ghtml
Close Menu