Brasil tem mais de 65 mil pessoas reconhecidas como refugiadas aponta relatório do Conare


Em abril, a nacionalidade que mais solicitou o reconhecimento da condição de refugiado foi a venezuelana, com 2.227 pedidos. Os cubanos vêm em segundo lugar, com 1.014. Brasil tem mais de 65 mil pessoas reconhecidas como refugiadas, aponta relatório do Conare Segundo um levantamento do Comitê Nacional para Refugiados (Conare) e da Acnur, agência da ONU, o Brasil tem 65.811 mil pessoas reconhecidas como refugiadas. Em abril, a nacionalidade que mais solicitou o reconhecimento da condição de refugiado foi a venezuelana, com 2.227 pedidos. Os cubanos vêm em segundo lugar, com 1.014. Roraima é o estado brasileiro que mais recebeu esses pedidos (1.973), seguido de São Paulo (1.454). “Tem se tornado muito comum essas pessoas solicitarem esses vistos na região onde o estado brasileiro autoriza, onde esse visto de acolhida humanitária seja concedido, seja estendido, e essa pessoa já chega ao estado brasileiro como sendo reconhecida como uma pessoa em situação de refúgio”, explica Luís Felipe Magalhães, coordenador-adjunto do Observatório das Migrações em São Paulo. No mundo, conforme um relatório da ONU sobre os refugiados, o número de pessoas que buscam proteção dobrou nos últimos 10 anos, e segue subindo em 2023. Atualmente, são mais de 110 milhões de pessoas nessa condição – as guerras e conflitos armados são as maiores causas. A maioria dos refugiados é de quatro países: Síria, país em guerra civil desde 2011; Ucrânia, invadida pela Rússia em fevereiro do ano passado; Afeganistão, país onde o Talibã impõe um regime de opressão e censura; e a Venezuela, país vizinho do Brasil. Estados Unidos, Alemanha e a Costa Rica são os países que mais concederam pedidos de refúgio em 2022. Afegãos no Brasil No Brasil, São Paulo está recebendo a segunda onda de imigrantes afegãos. As prefeituras de Guarulhos, de São Paulo, o governo estadual e as organizações não governamentais passaram a encaminhar os refugiados para centros de acolhida. Afegãos voltam a acampar no Aeroporto Internacional de SP, em Guarulhos Fabio Tito/g1 Segundo o Ministério das Relações Exteriores, o Brasil emitiu 7.270 mil vistos humanitários para afegãos entre setembro de 2021 e março de 2023. Atualmente, 141 imigrantes estão no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, esperando por atendimento.

source https://g1.globo.com/jornal-da-globo/noticia/2023/06/15/brasil-tem-mais-de-65-mil-pessoas-reconhecidas-como-refugiadas-aponta-relatorio-do-conare.ghtml
Close Menu