Mães influenciadoras tornam carreira na internet em profissão ao mostrarem ‘bastidores da maternidade’ em MG


Monique Tavares e Thais Petrin, de Varginha (MG), são influenciadoras do nicho de maternidade. Elas compartilham conteúdos reais que mostram que ser mãe não é simples. Monique Tavares e Thais Petrin são influenciadoras do nicho de maternidade de Varginha (MG) Arquivo Pessoal É quando se descobre a gravidez que também se entende que o mundo de uma mãe é uma realidade a parte. É um universo materno que merece ser vivido e, para algumas mamães, compartilhado. Do amor enorme e das grandes descobertas surgem as influenciadoras digitais do nicho de maternidade. São mamães que compartilham nas redes sociais conteúdos da experiência intensa e constante que é ser mãe. Os assuntos são os mais diversos possíveis, mas, em geral, trazem os ‘bastidores’ da maternidade. São truques, rotina e até novos aprendizados, além das dicas de autocuidado para as mamães. Sobretudo, são conteúdos reais que mostram a verdade de que a maternidade não é simples. ‘Mãe terapia’ e a tropa materna Envolvendo dicas, vida real e humor, a Thais Petrin é uma influenciadora digital do nicho maternidade em Varginha (MG). Ela tem 39 anos e é mãe de duas meninas: a Nicole, de 5 anos, e a Melissa, de 2. “Sempre mostrei minha realidade materna, nunca romantizei nada. Sempre fui muito sincera com meus seguidores e até hoje mostro a vida real, eu sendo eu no dia a dia, sempre com um pouco de humor, mas nunca fugindo da realidade”. Influenciadora Thaís Petrin e as filhas, Nicole e Melissa, de Varginha (MG) Arquivo Pessoal De pouco a pouco, Thais conquistou uma ‘tropa materna’, uma comunidade de mães que consomem os conteúdos e geram entre si uma rede de apoio digital. “Só outra mãe entende quando você se queixa de ser mãe, mas a coisa que você mais ama na vida é ser mãe. Somos acolhimento, ombro amigo e o famoso ‘fala que eu te escuto’, tipo uma ‘mãe terapia’”, explica. Tudo isso começou em 2017, quando a primeira filha da Thais nasceu, a Nicole. Com um perfil ainda privado, a mamãe postava sobre a rotina, fotos e dicas. Depois da insistência de uma prima, ela cedeu: tornou o perfil público e passou a compartilhar ainda mais conteúdos. Pouco tempo depois, em 2020, ela engravidou da segunda filha. Junto com o novo desafio da maternidade, veio também a pandemia. Foram tantas incertezas e Thais acabou saindo do emprego. Um passo atrás, para logo depois, a carreira de influencer deslanchar. Thais Petrin, influenciadora de Varginha (MG), com as postagens personalizadas para a Tropa Materna Reprodução / Instagram “Empresas e comércio da minha cidade começaram a me procurar para divulgação e eu comecei a postar diariamente, todos os dias, fotos e vídeos, memes de grávidas. Foi onde consegui viralizar e a começar a ganhar muitos seguidores e, consequentemente, a ter muita visibilidade”. Atualmente, a influencer soma quase 60 mil seguidores. Thais conta haver uma troca diária e verdadeira entre as mamães. São desabafos, casos, elogios. As postagens, inclusive, passaram a ter um dialeto próprio para se comunicar com a 'tropa materna'. As ideias surgem de Thais e as mamães seguidoras entram no clima. Postagens divertidas da influenciadora Thaís Petrin ganhou o público de mamães, do Sul de Minas, que agora se chama 'Tropa Materna' Reprodução / Instagram “As publicações mostram a realidade nessa jornada, de forma leve, engraçada, divertida mais acima de tudo real! E sempre uso esta frase que digo que é o meu mantra na maternidade: ‘tudo passa, acreditem'". As filhas Nicole e Melissa se divertem com a ‘profissão’ da mamãe. Elas participam da rotina da mãe influencer de modo leve e sem pressão. Sobre o futuro, Thais deixa claro: “se as meninas quiserem já estão no caminho”. “Amam, adoram conversar com o ‘pexual’, como diz Melissa. Mas tem dias que não estão afim, e ta tudo bem, respeito o tempo delas. Nada forçado”, finalizou Thais. Thais Petrin, influenciadora de Varginha (MG), e as filhas Nicole e Melissa Arquivo Pessoal Autocuidado e relação materna O estilo de vida e a maternidade são alguns dos temas mostrados nas redes sociais pela Monique Tavares, de 35 anos, influenciadora digital em Varginha (MG). Mãe do Miguel, de quase 6 anos, a carreira na internet se tornou profissão. Influenciadora do nicho materno, Monique Tavares e o filho Miguel, de Varginha (MG) Arquivo Pessoal “Eu não trabalhava, mas por causa do meu Instagram me apaixonei por essa área e comecei a fazer cursos de marketing digital, depois social media. Agora estou começando a trabalhar com gestão de redes sociais”, contou. A história da Monique começou após a surpresa de estar grávida do Miguel. Tudo era novidade e, segundo a influencer, ela via a maternidade como um “presente de Deus”. Na época, ela criou uma conta apenas para publicar o crescimento do filho. "Como toda mãe, eu achava meu filho a coisa mais linda do mundo. Assim não resisti e comecei a postar fotos dele. [...] A página começou a crescer, comecei também a aparecer e compartilhar nosso dia a dia”. Monique Tavares, grávida e com filho Miguel no colo, iniciando carreira como influenciadora do nicho maternidade, em Varginha (MG) Arquivo Pessoal Entre as partilhas, estavam a rotina, as alegrias e dificuldades da vida materna. Monique conta que cada vez mais foi conquistando seguidoras, desde as mães que estavam na mesma fase que ela, até as grávidas que queriam saber mais sobre a maternidade. “Quando é pequenininho tem muita novidade, né? Dúvidas. A própria rotina faz ter muito conteúdo. Então, eu postava praticamente todo dia. Dia de vacina, noites mal dormidas, primeiro sorriso, dentinho”, explicou. Monique Tavares, influenciadora digital e mãe do Miguel, de Varginha (MG) Arquivo Pessoal Depois que Miguel foi crescendo, o conteúdo de recém-nascido foi diminuindo. Neste momento a Monique entrou em jogo e começou a aparecer mais. “Comecei a dar mais dicas para as mães, até minhas dicas de autocuidado que elas gostam bastante, para incentivar a se cuidarem”. Mas os conteúdos com Miguel não deixaram de existir. A influenciadora conta que os dois, agora, criam vídeos do cotidiano, teatros e desafios. Tudo tem um toque de humor e diversão, já que, segundo Monique, Miguel sempre foi ‘engraçadinho’. “Eu continuo nessa área de autocuidado, faço parcerias com cabeleireiro, esteticista, recebo cosméticos, faço visitas em farmácia e acaba se tornando um trabalho mesmo, tirando uma renda extra com isso”, contou. Monique Tavares, mãe e influenciadora de Varginha (MG), dá dicas de autocuidado no perfil de nicho materno Reprodução / Instagram Para que outras mães se identifiquem e se sintam representadas, a influenciadora também se preocupa em ser autêntica e transparente nas postagens. Um dos objetivos é inspirá-las a se sentirem mais confiantes na jornada materna e aproveitar o momento. “Uma das minhas maiores preocupações é incentivar e mostrar a importância das mães se cuidarem. Eu acredito que, quando as mães se sentem bem consigo mesmas, elas conseguem ter uma maternidade mais leve, mais alegre, passando mais confiança para os filhos. E, para os filhos, é importante ver a mãe feliz”, finalizou. Veja mais notícias da região no g1 Sul de Minas

source https://g1.globo.com/mg/sul-de-minas/noticia/2023/05/14/maes-influenciadoras-tornam-carreira-na-internet-em-profissao-ao-mostrarem-bastidores-da-maternidade-em-mg.ghtml
Close Menu