'Cantando Por Vidas': Hemoba lança campanha com coral para incentivar doação de sangue

Ação começou a ser realizada neste sábado e terá edições mensais até dezembro. Hemoba cria coral para estimular doação de sangue na Bahia Em parceria com a Hemoba, o Instituto Baiano de Arte, Cultura e Humanidade (IBACH) promove a Campanha “Cantando Por Vidas” para estimular a doação regular de sangue no estado da Bahia. O lançamento será no próximo sábado, dia 20 de maio, das 11h30 às 12h30, na sede da Fundação, com a presença do Coral Ecumênico da Bahia (CEB), sob a regência do maestro Angelo Rafael Fonseca, idealizador do projeto. As apresentações acontecerão uma vez por mês no Hemocentro Coordenador, de maio a dezembro, sempre aos sábados, com grupos corais da cidade de Salvador. Na campanha, já estão confirmadas as participações dos seguintes grupos: Coral Allegro (Maestra Poliana Monteiro); Coro Comunitário Neojiba (Maestro Angelo Rafael); Coral do Mosteiro de São Bento (Maestro Vinícius Ferraz); Coral Pentágono (Maestro Carlos Veiga Filho); Coral da Fundação Pierre Verger (Maestro Pedro Vieira); Coral da Igreja Batista Nazareth e Coral do Colégio Antônio Vieira (ambos regidos pelo Maestro Jean Prado). Após as apresentações, os membros dos grupos de corais doarão sangue. “A ideia da campanha é levar esperança às pessoas que precisam, além de sensibilizar, orientar e mobilizar toda a sociedade civil sobre a importância da doação voluntária de sangue”, afirma o maestro Angelo Rafael. O Instituto Baiano de Arte, Cultura e Humanidade, criado pelo do Coral Ecumênico da Bahia (CEB), é uma organização social sem fins lucrativos, formada por voluntários que desenvolve projetos e ações educativas através das artes, da cultura e atividades sociais que promovem a inclusão social. Já o CEB, desde que foi fundado em 2013 pelo pastor Djalma Torres e pelo maestro Angelo Rafael Fonseca, vem interpretando um repertório cuidadosamente selecionado com músicas de diversas tradições religiosas (africana, católica, evangélica, hinduísta, judaica etc.) corroborando com a diversidade musical, cultural e a promoção dos direitos humanos. O grupo, que completa 10 anos de existência, tem a participação de 48 voluntários, religiosos e não religiosos. Critérios para doação de sangue - O candidato deve estar bem alimentado e em boas condições de saúde, sem sintomas virais; pesar mais de 50 quilos, ter dormido pelo menos 6h, não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12h, não fumar por, pelo menos, duas horas, e ter entre 16 e 69 anos incompletos. Menores de 18 anos precisam estar acompanhados de um responsável legal e apresentar documento original com foto, emitido por órgão oficial e válido em todo o território nacional. Os homens podem doar sangue até 4 vezes a cada 12 meses, com intervalo mínimo de 60 dias entre as doações, e as mulheres podem doar até 3 vezes a cada 12 meses, com intervalo mínimo de 90 dias entre as doações. Horário de atendimento – Em Salvador, o Hemocentro Coordenador recebe os doadores de segunda-feira a sexta-feira, das 7h30 às 18h, e aos sábados, das 7h às 16h30; de segunda a sexta-feira, no Hospital do Subúrbio, das 7h30 às 16h30; no Hospital Ana Nery, das 7h30 às 13h; e no Hospital Roberto Santos, das 8h às 12h e 13h às 17h. Já no Hospital Irmã Dulce, a coleta funciona de segunda a sexta-feira, das 7h10 às 11h30 e das 13h às 16h. Durante o mês de maio, a unidade de coleta móvel (Hemóvel) atenderá, das 8h às 17h, no SENAC Aquidabã (17 e 18/05), no Salvador Norte Shopping (19 e 20/05) e em Pojuca, na Praça ACM (22 e 27/05). O horário de atendimento das 21 unidades de coleta no interior do estado pode ser conferido no site da Hemoba: https://ift.tt/jPIYpoC . Veja mais notícias do estado no g1 Bahia. Assista aos vídeos do g1 e TV Bahia 💻

source https://g1.globo.com/ba/bahia/noticia/2023/05/20/cantando-por-vidas-hemoba-lanca-campanha-com-coral-para-incentivar-doacao-de-sangue.ghtml
Close Menu